Pressoterapia: Uma ajudinha para a drenagem linfática

Pressoterapia

 

Quem sofre com a má circulação, celulite, retenção de líquidos, cansaço nas pernas, sabe como é o desconforto, especialmente nos dias de calor, quando a sensação de peso parece aumentar ainda mais…

Para auxiliar e também complementar a drenagem linfática manual, uma boa alternativa é o uso da pressoterapia, um tratamento não invasivo feito por meio de um equipamento composto por câmaras de ar que são insufladas em uma sequência e intensidade , direcionando a linfa para os gânglios linfático, fazendo uma drenagem mecânica…

Embora o tratamento seja mais comum nos membros inferiores pés, tornozelos e pernas, a região de abdômen e braços também podem ser submetidas ao tratamento.

Além da melhora do sistema circulatório e linfático há outros benefícios também como a sensação de relaxamento e bem estar e o auxílio na diminuição das celulites e remodelagem corporal, e ainda a melhora do tônus muscular e das articulações.

Mas, embora a técnica seja bastante eficaz é preciso observar também algumas contra indicações importantes que impedem a aplicação da pressoterapia, então não podem receber pessoas que:

  • Estejam com trombose venosa profunda (TVP)
  • Dores intensas ou dormência na região
  • Cardíacos ou hipertensos  importantes
  • Com tumores
  • Gestantes com problemas de pressão arterial (eclampsia)
  • Infecções agudas.

Fora isso, podem se beneficiar da pressoterapia:

  • Gestantes saudáveis
  • Idosos com problemas circulatórios
  • Pós operatórios de cirurgias que necessitam drenagem (inclusive pós operatórios estéticos)
  • Mulheres que desejam melhorar o aspecto da celulite e retenção de líquidos.
  • Para auxiliar a desintoxicação corporal.
Os benefícios serão ainda melhores se utilizado em uma frequência média de 2 ou 3 aplicações semanais, durante pelo menos 30 minutos…
Já usou a pressoterapia alguma vez? E aí, o que você achou?? Deixe seus comentários para a gente aqui no blog…
Bjussss

 

 

2 comentários sobre “Pressoterapia: Uma ajudinha para a drenagem linfática

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *