Arquivo da tag: elastina

Como se livrar das indesejáveis estrias

Hoje vamos falar de uma das maiores vilãs da beleza feminina: as estrias que  aparecem e incomodam na hora de ir à praia ou piscina e colocar o biquíni, porém se engana quem pensa que este é um problema exclusivamente feminino pois homens também podem apresentar estrias.

Provocadas devido à hiper extensibilidade dos tecidos, há vários fatores que podem contribuir para o aparecimento desses indesejáveis sinais, entre eles estão: excesso de peso com perda repentina do mesmo (podemos citar nesses casos as cirurgias bariátricas e o efeito sanfona do engorda e emagrece), aumento da massa muscular e estirão de crescimento (esta é uma das causas mais comuns entre os homens, principalmente os que malham muito), gravidez, problemas hormonais, uso de anticoncepcionais, entre outros.

O excesso de tração na pele faz com que haja a ruptura das fibras de colágeno e elastina, além de romper vasos sanguíneos (diminuindo a irrigação sanguínea) e diminuindo também a produção de melanócitos da região, esses dois últimos fatores fazem com que a estria adquira um aspecto esbranquiçado com o passar do tempo.

Falando sobre a coloração das estrias as mesmas podem se apresentar de dois tipos:

  • Estrias vermelhas: São as estrias mais recentes, é o processo inicial de sua formação, nas quais já existe a ruptura das fibras de colágeno e elastina, devido ao início do processo inflamatório e como a circulação local ainda não está comprometida essa estria se apresenta com coloração avermelhada. Seu aspecto é similar ao de um arranhão na pele. Nesta fase os resultados dos tratamentos são mais eficazes podendo melhorar muito seu aspecto.
  • Estrias brancas: Conforme o processo inflamatório se instala o corpo age enviando maior quantidade de sangue para a área que foi afetada, essa inflamação continuará por um tempo e então irá parar causando uma cicatriz e levando ao aparecimento da estria branca onde já não há circulação local. Nesta fase a estria é irreversível e todo o tratamento será no intuito de amenizar a aparência (diminuir a espessura e largura das mesmas) e evitar o aparecimento de novas.

Nas mulheres a localização das estrias geralmente ocorre nas regiões de glúteos, mamas, coxas e abdômen.

Já nos homens a localização preferencial é braços, panturrilhas, coxas, glúteos e lombar.

Se o problema é a ruptura das fibras de colágeno, todas as técnicas apresentadas abaixo visam a recuperação e reorganização do mesmo, a diferença é a forma como o fazem . Veja alguns dos tratamentos que podem ser aplicados para atenuar tais marcas.

  • Radiofrequência: O equipamento de radiofrequência emite ondas de calor que aquecem a epiderme e a derme causando uma contração e aumento das fibras de colágeno, reorganizando o tecido e aproximando as bordas da estria. Este tratamento é indolor e melhora o aspecto das estrias brancas, superficiais e estreitas em cerca de 60% a 70%.
  • Carboxiterapia: Um equipamento específico injeta um gás carbônico medicinal no tecido subcutâneo para dilatar as estrias aumentando a irrigação sanguínea e estimulando a produção de colágeno, amenizando sua aparência em até 60%. Apesar de eficaz o tratamento é dolorido, contudo suportável.
  • Microcorrente polarizada: Esta técnica faz uso de um estímulo elétrico de corrente galvânica através de microperfurações com uma pequena agulha na pele. Essas microperfurações associadas à corrente aumentam a produção de colágeno, além de aumentar a vascularização local e o retorno da sensibilidade dolorosa. Eficiente, porém dolorida, são necessárias cerca de 10 sessões para uma melhora que pode chegar a 70%.
  • Peeling de Cristal/Diamante e associações com ácidos: Os peelings de cristal e diamante promovem um lixamento e esfoliação mais intensos na pele, diminuindo sua espessura e facilitando a penetração de um ácido que estimula a produção de colágeno, sendo o mais comum o ácido retinoico. Os resultados chegam a 50% de melhora.
  • Laser fracionado: O laser fracionado promove microperfurações na pele e direciona feixes de luz para a estria que penetram cerca de 1mm de profundidade estimulando a produção de colágeno e elastina e acelerando o processo de cicatrização. Uma única sessão pode melhorar em 30% o aspecto das estrias.
  • Mesoterapia: Consiste na injeção de substâncias como ácido glicólico, a Vitamina C e outras que estimulam a formação do colágeno. A injeção é feita ao longo de toda a estria, com agulhas muito finas que melhoram a circulação local e a produção de proteínas na pele. A técnica reduz a altura e a espessura das estrias.

Mas não pense que um milagre pode acontecer, mesmo com tantas opções de intervenções as estrias ainda fazem parte do grupo de vilões da beleza que são mais difíceis de tratar, portanto a prevenção ainda é a melhor saída, mantendo uma dieta equilibrada e rica em fibras, hidratando o organismo de dentro para fora (bebendo bastante água) e de fora para dentro (com cremes específicos para massagem) e evitando as oscilações constantes de peso.

Sua pele revela sua idade

Entenda cada fase da pele e confira as dicas para driblar o tempo.

Você não leu errado. A pergunta é, quantos anos a sua pele tem? A resposta irá depender dos cuidados e hábitos que você adotou até aqui. Pequenas atitudes ao longo dos anos podem ter feito toda a diferença – para o bem ou para o mal – e vão continuar fazendo daqui em diante.
O fato é que, com o tempo, a pele muda e isso é natural. Pouco a pouco ela deixa a aparência frágil e macia da cútis de um bebê para ganhar um toque mais seco. Entenda cada fase e siga as dicas para manter a linha do tempo sob controle.

Infância

Você já deve ter conhecido alguém que considerava ter a pele de um bebê e sabe o quanto isso é um elogio para qualquer mulher. Na verdade, apesar da maciez e brilho, a pele infantil é muito frágil, sensível e exposta a alergias. Isso ocorre porque o colágeno ainda está em formação, a cútis conta com menos pelos e as glândulas responsáveis pela produção do suor ainda não estão maduras, o que a deixa propensa a irritações.
Cuidados: evite produtos com fragrância e opte por aqueles específicos para pele sensível e seca. Esteja atenta para o aparecimento de bolinhas ou lesões avermelhadas que coçam e até viram ferida, pode ser dermatite atópica. Neste caso, use um hidratante com fórmula suave e sem perfume. Nada de recorrer aos mesmos cosméticos que você utiliza porque gosta do cheirinho.

Adolescência

A palavra-chave nessa fase é “hormônio” e com a pele não é diferente. As alterações hormonais causam uma verdadeira revolução nas glândulas sebáceas e nos folículos pilosos. Nessa etapa é comum que a oleosidade seja mais intensa no couro cabeludo e na pele, a acne da as caras e os poros ganhem uma aparência dilatada.
Cuidados: com o aumento da oleosidade, a recomendação é lavar o rosto com sabonete específico para este tipo de pele. Muito cuidado para não causar o efeito rebote, que é aquela oleosidade produzida em defesa ao ressecamento excessivo causado por muitas lavagens ou determinados produtos. Opte por sabonetes que limpem sem ressecar e que tenham fórmula suave, de preferência com extratos naturais que acalmam a pele, como calêndula e aloe vera.
Embora a cabeça do adolescente esteja centrada no presente, é preciso lembrar que hábitos errados, como a falta do uso de filtro solar, podem trazer problemas graves no futuro. Para se ter uma idéia, cerca de 80% da exposição solar de toda a vida acontece até os 18 anos de idade e os efeitos nocivos do sol são cumulativos.                                                                                                                            Algumas sugestões de produtos para utilizar nesta fase:            

  • LIMPAR: Sabonete Líquido Peel Line     
  • ESFOLIAR: Esfoliact Peel                          
  • CONTROLE DE ACNE: Gel antiacne / Máscara Secativa                                                                                                          

20 anos

Chegou o momento em que a pele se torna plenamente madura. As células produzem grande quantidade de colágeno e elastina, garantindo sustentação e firmeza. As glândulas responsáveis pela produção de suor e sebo passam a trabalhar com mais estabilidade, fazendo com que a pele se mantenha hidratada e com textura macia.
Cuidados: a oleosidade excessiva pode ter ido embora, mas o cuidado na limpeza continua. Se sua pele ainda é oleosa, siga as dicas citadas na fase da adolescência. Caso ela seja mais sensível, escolha produtos com fórmula suave e, de preferência, sem fragrância. Isso irá garantir que a sua pele não responda ao uso dos produtos de forma alérgica. O protetor solar é imprescindível para evitar problemas mais adiante.
Evite cigarro, bebida alcoólica em excesso e poucas horas de sono. Procure ter uma alimentação balanceada e com pouca gordura. Todo o corpo irá agradecer.                                                                                                                                                                                                     Algumas sugestões de produtos para usar nesta fase:

  • LIMPAR: Sabonete Líquido  /  Emulsão de Limpeza
  • ESFOLIAR: Esfoliact Peel
  • ACALMAR / TONIFICAR: Loção Tônica Calmante
  • HIDRATAR / TONALIZAR: Base Tonalizante Hidratante

30 anos

A famosa casa dos 30 traz os primeiros sinais de envelhecimento. Isso ocorre em parte porque a pele perde cerca de 10% do seu mecanismo de defesa, dando mais espaço para a perigosa atuação dos radicais livres. A renovação celular também perde força, tornando-se 20% mais lenta. É nessa fase que os resultados dos hábitos adotados até o momento irão aparecer e isso inclui o acúmulo de sol guardado na memória celular.
Cuidados: mantenha os bons hábitos mencionados na fase dos 20 anos e acrescente uma arma em seu arsenal: os retinóides. Além de acelerar a renovação celular que se torna mais lenta nessa fase, ele ainda combate as linhas finas que começam a aparecer.
Com o avanço da tecnologia, o mercado já dispõe de retinoides que oferecem ótimos resultados sem causar aqueles efeitos colaterais que antes faziam com que o tratamento fosse abandonado, como ressecamento excessivo, vermelhidão e descamação. O adapaleno é uma ótima opção e, recentemente, foi lançado em versão mais potente, com concentração de 0,3% e tolerabilidade similar a da versão anterior.                                                                                                                                                                                                           Algumas sugestões de produtos para você usar nesta fase:

  • LIMPAR: Sabonete Líquido, Emulsão de Limpeza
  • ESFOLIAR: Esfoliact Peel
  • HIDRATAR: Loção Hidrapeel
  • HIDRATAR / TONALIZAR: Base Hidratante com Tonalizante
  • FIRMEZA / TONIFICAR: Máscara Tensora com Quartzo e Hibisco, Loção Tônica de Colágeno, Gel de Colágeno, Tônus Peel Firmador
  • CLAREAR: Revite Peel Night

40 anos

Nesta etapa o envelhecimento é mais evidente. A espessura da pele é 50% inferior do que aos 20 anos e o tônus muscular diminui 30% a capacidade de rigidez, gerando flacidez facial. A capacidade de retenção de água também diminui, deixando a pele ressecada e desnutrida.
Cuidados: invista na hidratação, evite álcool em excesso e procure ter um sono com qualidade para que o sistema circulatório trabalhe bem. Uso de antirrugas é bem-vindo nessa fase, e os retinoides devem ser mantidos. Não tome sol sem protetor solar, pois as manchas são mais resistentes nessa idade.                                                                                                                                                                  Algumas sugestões de produtos para utilizar nesta fase:

  • LIMPAR: Sabonete Líquido / Emulsão de Limpeza
  • ESFOLIAR: Esfoliact Peel
  • HIDRATAR / TONALIZAR: Base Hidratante com Tonalizante
  • FIRMEZA / TONIFICAR: Máscara Tensora com Quartzo e Hibisco, Loção Tônica de Colágeno, Creme Tônus Peel Firmador, Máscara de Colágeno.
  • CLAREAR: Revite Peel Night
  • REVITALIZAR / TONIFICAR:  DMAE 10%.

 

Dos 50 anos em diante

As transformações iniciadas aos 40 anos se tornam mais intensas, as rugas ficam acentuadas e os lábios tendem a se tornar mais finos por causa da reabsorção óssea da mandíbula. A chegada da menopausa causa nova revolução hormonal fazendo com que a pele da mulher se torne mais fina e ressecada, e ocorre uma diminuição na produção de fibras de colágeno e elastina.
Cuidados: três palavras mágicas fazem parte dessa fase: limpeza, hidratação e proteção solar. Se as rugas incomodam muito, não é preciso se desesperar ou recorrer a técnicas invasivas, como a cirurgia plástica. Recentemente, o número de intervenções não-cirúrgicas ultrapassou o de cirurgias e isso se dá principalmente ao uso da toxina botulínica na estética. Com um procedimento rápido e simples, é possível ganhar uma aparência mais jovem. Atualmente, o mercado conta com novas opções de toxina botulínica que garantem resultados com uma aparência natural. Consulte um dermatologista para conversar sobre o assunto. Algumas sugestões de produtos que você pode usar nesta fase:

  • LIMPAR: Sabonete Líquido  / Emulsão de Limpeza
  • ESFOLIAR: Esfoliact Peel
  • HIDRATAR / TONALIZAR: Base Hidratante e Tonalizante
  • FIRMEZA / TONIFICAR:  Máscara de Colágeno, Creme Tônus Peel Firmador, Gel de Colágeno
  • CLAREAR: Revite Peel Night
  • REVITALIZAR / TONIFICAR: DMAE 10%

Fonte: http://www.belezaestetica.com/content/detail.asp?iArt=641&iType=1&iChannel=1

Hértix Gerador de Radiofrequência

Uma alternativa para tratamentos de flacidez de pele, celulite, adiposidade localizada, fibrose pós- cirúrgica, rugas faciais por repetição de movimentos, seqüelas de acne e até mesmo alopecia (queda de cabelo), é o  Hertix, um gerador de radiofreqüência que através do efeito da corrente elétrica alternada de alta freqüência induz calor nos tecidos dérmicos (calor endógeno) com densidades proporcionais ao tipo do aplicador utilizado.
Essa elevação de temperatura trás inúmeros benefícios como o aumento do fluxo sanguíneo local, que leva a hiperemia cutânea por vasodilatação profunda resultando no aumento da nutrição dos tecidos. O aumento da oxigenação tecidual leva a diminuição da distensibilidade da pele e ao aumento da densidade do colágeno, melhorando assim, o aspecto da flacidez de pele e gerando o efeito lifiting, além de melhorar a celulite e diminuir a fibrose pós lipoaspiração.
São indicadas de 5 a 10 sessões dependendo do objetivo a ser alcançado e sessões realizadas a cada 15 dias, sendo importante antes uma avaliação para prescrever o número e a frequência de sessões corretamente para cada objetivo a ser alcançado.
O Hertix irá atingir uma temperatura de 40º C  a 43º C na região tratada estimulando a produção de colágeno e elastina, e a sessão tem duração de aproximadamente 30 minutos para cada região.
As contra-indicações absolutas para o uso da radiofreqüência no tratamento estético são o uso de marca passos cardíacos, câncer com metástase, gravidez, diabetes mellitus, infecções sistêmicas, imunossupressão, ter realizado peeling químico agressivo ou resurfacing a laser no último ano, e terapias com retinóides tópicos nas ultimas 2 semanas antes da sessão.
Fonte: http://respostas.esteticascorpios.com.br/2010/08/30/hertix-radiofrequencia

Conheça o produto:

Hertix Radiofrequência – KLD