Arquivo da tag: gordura

Drenagem linfática emagrece ou não?

Therapeutic massage for the female beautiful leg by beautician in the spa salon

 

Uma das mais buscadas e conhecidas técnicas manuais em estética é a Drenagem linfática. Todo mundo tem uma amiga, irmã, mãe, tia que já fez e tem algum comentário para fazer. è comum algumas relatarem coisas do tipo: emagreci 2 quilos só com drenagem, ia muito ao banheiro logo após a sessão ou então “sai gordura na minha urina todas às vezes que recebo drenagem.

Somado à falta de conhecimento técnico das clientes, está também a falta de conhecimento de muitas profissionais  (muito pior) e aí muitas vezes quando questionadas por suas pacientes não sabem responder ou até mesmo indicar o tratamento que seja condizente com o objetivo dela.

Será que a drenagem te efeito emagrecedor? Para esclarecer essa dúvida é necessário entender um pouquinho sobre o sistema linfático (ele é complexo e para quem deseja trabalhar com drenagem linfática deve ser conhecido a fundo por meio der um bom curso ok?). Esse sistema apresenta vasos que auxiliam na remoção de líquidos e toxinas do nosso metabolismo celular. É interligado ao sistema vascular e movimenta naturalmente os líquidos, equilibrando as proteínas e líquidos teciduais. Qualquer aletração que prejudique o funcionamento circulatório do organismo gera um desequilíbrio e aí nosso sistema passa a não dar conta sozinho de toda a situação. Essas alterações são mais comuns em algumas situações de sobrecarga ao sistema linfático tais como: gestação, pós operatórios, período pré menstrual, entre outros. E aí é necessário uma ajudinha externa (a drenagem linfática manual), para captar o excedente do líquido deslocando o mesmo de dentro do vaso, diminuindo a pressão existente no mesmo e removendo esse excedente de volta à circulação sanguínea.

A técnica utiliza manobras manuais específicas com pressão externa suave e velocidade suave que quando realizadas por um profissional competente e qualificado traz resultados surpreendentes.

E aí agora já temos mais condições de responder: Drenagem emagrece? No sentido de eliminar gordura, não, não emagrece não, pois não trabalha a gordura! Mas como movimenta líquidos excedentes e elimina toxinas ela diminui e muito os inchaços e edemas, melhorando a retenção dos liquidos e passando essa “impressão de emagrecimento”. Você pode até se sentir mais leve e ver alguns quilinhos a menos na balança, mas o que você mandou embora foram os líquidos e não a gordura, entendeu?

Por isso é importante sempre lembrar: a drenagem linfática é procedimento para edemas e não para gordura localizada. Portanto se a sua cliente se queixa daquel acúmulo de gordurinha na parte inferior do abdômen há outras opções mais interessantes para ela (como a  massagem modeladora por exemplo), que trarão resultados bem mais satisfatórios.

Hábitos alimentares que ajudam a combater a celulite

Eliminar toxinas do organismo; melhorar as funções digestiva e intestinal; suprimir alimentos alergênicos; incluir na dieta nutrientes que estimulem a formação das fibras de colágeno e reduzir o estresse são condutas que ajudam a combater a celulite, diz nutricionista Flávia Morais, especialista em qualidade de alimentos e nutrição funcional.
Não existe dieta mágica, mas a especialista tem sugestões que, afirma, ajudam a melhorar a aparência dos furinhos.
Sua dica para diminuir as toxinas é a hidratação. “Devemos ingerir no mínimo dois litros de água por dia. Sucos de frutas orgânicas, infusão de ervas e água de coco também são boas alternativas.”
Reduzir o consumo de sódio ajuda a evitar a retenção de líquidos. Para isso, ela recomenda diminuir sal, enlatados, conservas, embutidos e industrializados.
E vale trocar o sal comum pelo light, usando mais os sabores de temperos naturais como orégano, salsa, cebolinha, manjericão e açafrão, que têm antioxidantes.
Cafeína e álcool são outros itens que devem ser evitados, já que causam a constrição de pequenos vasos sanguíneos, favorecendo o inchaço.
Outra recomendação da especialista, claro, é zelar pela saúde do intestino.
Além da constipação (prisão de ventre), tratada com a ingestão de fibras, há a disbiose intestinal. Nesse transtorno, causado por uso indiscriminado de antibióticos, antiinflamatórios e anticoncepcionais, estresse e exposição a alimentos alergênicos, as bactérias da flora normal ficam em minoria, debilitando o organismo.
“Os primeiros passos para o tratamento são excluir alimentos alergênicos como trigo, leite, amendoim, soja, ovo, frutos do mar e milho, e usar suplementos de probióticos, fontes de bactérias boas que fortalecem a microbiota intestinal”, explica.
Ela sugere a inclusão de frutas e legumes com bastante água na dieta, como abacaxi, melancia, cítricas, pepino e salsinha, que hidratam e desintoxicam.
Outro grupo de substâncias indicadas são as ricas em silício, mineral envolvido na produção de colágeno. Aveia, chá de cavalinha e água mineral são boas fontes.
“Experimente incluir nos sucos, no lugar da água, a infusão da cavalinha, e usar a aveia em flocos em saladas de frutas”, indica Morais.
O cardápio anticelulite segue com itens antioxidantes, como uva escura, azeite de oliva extravirgem, óleos de semente de abóbora e macadâmia, cacau, castanha-do-pará, amora, framboesa e mirtilo, que melhoram a circulação e a textura da pele.
Dois outros grupos importantes são os dos alimentos ricos em vitamina A (tomate, cenoura, vegetais escuros) e C (frutas cítricas, acerola, morango, goiaba, caju). Eles estimulam a produção de colágeno, que melhora a elasticidade e a firmeza da pele.
O ômega 3 (salmão, sardinha, semente de linhaça) também ajuda, por interferir no acúmulo de gordura

Fonte: Garça On line

Hértix Gerador de Radiofrequência

Uma alternativa para tratamentos de flacidez de pele, celulite, adiposidade localizada, fibrose pós- cirúrgica, rugas faciais por repetição de movimentos, seqüelas de acne e até mesmo alopecia (queda de cabelo), é o  Hertix, um gerador de radiofreqüência que através do efeito da corrente elétrica alternada de alta freqüência induz calor nos tecidos dérmicos (calor endógeno) com densidades proporcionais ao tipo do aplicador utilizado.
Essa elevação de temperatura trás inúmeros benefícios como o aumento do fluxo sanguíneo local, que leva a hiperemia cutânea por vasodilatação profunda resultando no aumento da nutrição dos tecidos. O aumento da oxigenação tecidual leva a diminuição da distensibilidade da pele e ao aumento da densidade do colágeno, melhorando assim, o aspecto da flacidez de pele e gerando o efeito lifiting, além de melhorar a celulite e diminuir a fibrose pós lipoaspiração.
São indicadas de 5 a 10 sessões dependendo do objetivo a ser alcançado e sessões realizadas a cada 15 dias, sendo importante antes uma avaliação para prescrever o número e a frequência de sessões corretamente para cada objetivo a ser alcançado.
O Hertix irá atingir uma temperatura de 40º C  a 43º C na região tratada estimulando a produção de colágeno e elastina, e a sessão tem duração de aproximadamente 30 minutos para cada região.
As contra-indicações absolutas para o uso da radiofreqüência no tratamento estético são o uso de marca passos cardíacos, câncer com metástase, gravidez, diabetes mellitus, infecções sistêmicas, imunossupressão, ter realizado peeling químico agressivo ou resurfacing a laser no último ano, e terapias com retinóides tópicos nas ultimas 2 semanas antes da sessão.
Fonte: http://respostas.esteticascorpios.com.br/2010/08/30/hertix-radiofrequencia

Conheça o produto:

Hertix Radiofrequência – KLD

O que é Lipo light?

Cada dia surgem novas técnicas e procedimentos estéticos que prometem deixar os clientes com o tão sonhado “corpão”. É em busca também deste sonho que surgiu a lipo light, uma técnica menos agressiva que a lipoaspiração tradicional e que apresenta bons resultados em gordura localizada. Mas cuidado!!!! É extremamente importante escolher um local que seja seguro, idôneo e equipado de  maneira correta para realizar este procedimento, além de possuir profissionais da área médica devidamente qualificados e que façam uma avaliação criteriosa antes de submeter o paciente a cirurgia!

1 – O QUE É A LIPO LIGHT?

LIPO LIGHT é uma técnica médica para tratamento da gordura localizada de pequenas áreas. Esta foi desenvolvida a partir de duas técnicas médicas clássicas e reconhecidas a Hidrolipoclasia ultra-sônica(técnica Italiana) e a lipoplastia(técnica Francesa).

2 – COMO É REALIZADA A LIPO LIGHT?

Inicialmente faz-se a hidrolipoclasia ultra-sônica(HLC-U) que consiste na injeção de uma solução fisiológica com anestésico, bicarbonato de sódio e adrenalina na área a ser tratada(gordura), fazendo com que a área fique inchada. As células de gordura(adipócitos) absorvem o líquido e aumentam de volume facilitando sua explosão. Esta explosão se consegue através do uso de ultrasom estético sob a pele, pois as ondas ultra-sônicas promovem uma vibração que provoca uma fissura na membrana das células de gordura, com conseqüente explosão. Esta gordura fica mais dispersa e pronta para ser eliminada do corpo. Daí usamos micro-cânulas ligadas a uma seringa para aspirar toda gordura que foi desprendida. Outra parte da gordura e da solução injetada serão eliminadas pela urina. Este processo é totalmente indolor. Durante o procedimento o paciente está consciente e pode ouvir música . Depois coloca-se curativo com micropore, não sendo necessário dar pontos para fechar os orifícios que são minúsculos e quase imperceptíveis.

3 – QUAIS AS ÁREAS ONDE PODE SER FEITA A LIPO LIGHT?

Abdome inferior e superior, cintura, região ao redor do umbigo(peri-umbilical), culotes, região infra-glútea, costas, coxas, pernas, braços, embaixo do queixo(submento) e outras áreas localizadas dependendo da necessidade de cada paciente.

4 – COMO SÃO AS CICATRIZES?

Geralmente as cicatrizes são imperceptíveis e dependendo do local da incisão é quase inexistente. Procuramos escolher locais para introduzir as cânulas, onde as cicatrizes ficam disfarçadas ou escondidas. Se a pessoa tiver tendência a formar cicatriz hipertrófica ou quelóide, poderá ser tratada após a cicatrização com resultados satisfatórios.

5 – SENTE-SE DOR DURANTE O PROCEDIMENTO?

É feita uma anestesia local (na pele) e a solução injetada contém anestésico , com isso o paciente não apresenta nenhuma dor durante o procedimento.

6 – É NECESSÁRIO TOMAR ALGUMA MEDICAÇÃO ANTES DO PROCEDIMENTO?

Geralmente o paciente toma um comprimido para evitar infecção(profilaxia) no dia do procedimento, e um comprimido ansiolítico, 30 a 60 minutos antes da HLPA.

7 – É PRECISO FAZER EXAMES ANTES DA LIPO LIGHT?

Sim. São solicitados exames de sangue pré-operatórios e um ultrasom, na maioria dos casos, quando a área tratada for o abdome. Se o paciente preferir, o exame de sangue poderá ser colhido e enviado ao laboratório.

8 – QUANTOS DIAS É PRECISO FICAR  AFASTADO DO TRABALHO?

Logo após HLPA o paciente pode voltas às suas atividades normais desde que não sejam forçadas. O ideal é retornar ao trabalho no dia seguinte.

9 – QUANDO É POSSÍVEL VOLTAR A FAZER EXERCÍCIOS?

Após 3 a 5 dias o paciente pode voltar a fazer exercícios leves, sem carga; e após 2 a 3 semanas retorna ao seu ritmo normal de exercícios.

10 – QUAL A DIFERENÇA ENTRE A LIPO LIGHT E UMA MICRO-LIPOASPIRAÇÃO?

A diferença é que na LIPO LIGHT a gordura fica mais liquefeita devido ao uso do ultrasom, as cânulas são muito finas e portanto o trauma é muito menor e a recuperação do paciente é mais rápida.

11 – AS PESSOAS QUE NÃO SÃO GORDAS MAS TEM GRANDES ÁREAS DE GORDURA, TAMBÉM PODEM FAZER ESTA TÉCNICA?

Sim, só que seria necessária mais de uma sessão de HLPA para obter o resultado esperado. O melhor para estas pessoas é fazer a lipoaspiração tradicional em centro cirúrgico, tratamento que nossa equipe também realiza. A HLPA foi desenvolvida especificamente para pequenas áreas de gordura localizada, ou seja, aquelas gordurinhas que não saem nem mesmo que a pessoa tenha uma dieta balanceada e faça exercícios vigorosos.

12 – ESTA GORDURA RETIRADA É DESPREZADA?

Pode ser tanto desprezada como reaproveitada para preenchimento de rugas, depressões, aumento de glúteos, panturrilhas, coxas e outras áreas que o cliente pode escolher em conjunto com o cirurgião.

13 – A ÁREA TRATADA FICA MUITO “ROXA”?

Depende de cada paciente. Em nossa experiência, não temos observado hematomas importantes após HLPA, mas caso ocorram, eles desaparecem num período de aproximadamente 7 dias.

14 – ATÉ QUANTOS CENTÍMETROS DE MEDIDAS É POSSÍVEL REDUZIR COM HLPA?

Isso é individual. Depende da quantidade de gordura localizada e aspirada, e também da área a ser tratada. De um modo geral, os pacientes diminuem aproximadamente 5 a 6 cm em abdome, podendo eliminar até 7 a 8 cm nos culotes.

15 – A LIPO LIGHT EMAGRECE?

A LIPO LIGHT pode servir de estímulo para a paciente que está em uma dieta e deseja emagrecer, mas o ideal é que se perca alguns quilos antes de fazê-la. Em pacientes com peso normal, o médico pode avaliar melhor as áreas de gordura localizada e os resultados são melhores.

16 – A GORDURA RETIRADA PODE VOLTAR?

O aumento de gordura na infância é diferente da adolescência e idade adulta. Na infância, quando a criança engorda aumenta-se o número de células de gordura. Já a partir da adolescência, quando se engorda, as células de gordura não se multiplicam, elas apenas aumentam de volume. Ou seja, as células gordurosas são formadas até adolescência e quando retiradas a partir dessa idade elas não retornam.

17 – POR QUE ALGUMAS PESSOAS QUE ENGORDAM APÓS LIPO LIGHT PARECE QUE A GORDURA VOLTOU?

Na verdade a gordura não voltou. O que acontece é que as poucas células de gordura que devem ficar após a aspiração, podem aumentar de volume se a pessoa engordar muito. Ou pode haver redistribuição da gordura corporal em grandes aumentos de massa gordurosa.

18 – PODE-SE FAZER LIPO LIGHT EM REGIÕES FLÁCIDAS?

Para se obter um melhor resultado depende da elasticidade da pele preservada. Nos casos em que há associação de gordura localizada e flacidez, pode-se associar outros procedimentos estéticos à HLPA e, ainda se for necessário pode-se recorrer a uma plástica.

19 – O QUE FAZER APÓS O PROCEDIMENTO?

Após HLPA o paciente deverá:

  • Usar cinta modeladora imediatamente após o tratamento por um período de 3 semanas.
  • Fazer pelo menos 10 sessões de drenagem linfática manual, associado ou não ao ultrasom, sendo 3 sessões por semana, iniciadas após 24 a 48h após HLPA
  • Usar analgésicos em caso de dor.
  • Retorno ao trabalho no dia seguinte.
  • Evitar o Sol sobre a área tratada por aproximadamente 30 dias e usar filtro solar para evitar manchas.

20 – QUAL A VANTAGEM DESTA TÉCNICA SOBRE A LIPOASPIRAÇÃO CONVENCIONAL?

Vamos citar as 5 principais:

  • Menor custo
  • Não é necessária internação hospitalar
  • Não necessita anestesia geral ou bloqueio peridural
  • Não precisa afastar de suas atividades profissionais e/ou sociais
  • Trauma local mínimo

21 – QUAL A ÚNICA DESVANTAGEM DESTA TÉCNICA?

A única desvantagem desta técnica é que não é aconselhável, em uma única sessão, retirar grandes quantidades de gordura bem como realizar em regiões múltiplas de uma só vez.

22 – QUEM NÃO PODE SUBMETER-SE A ESTE PROCEDIMENTO?

As únicas pessoas que não podem se submeter a HLPA são mulheres grávidas, portadores de doenças crônicas descompensadas (como diabetes e hipertensão, por exemplo), anemias importantes ou que sejam alérgicas a anestesia.

23 – EXISTE UMA DIETA ESPECÍFICA A SER SEGUIDA?

No dia do procedimento o paciente deverá fazer uma refeição leve. Após o procedimento é indicada ao paciente uma dieta a base de alimentos funcionais com ação diurética, antiinflamatória e cicatrizante.

24 – É PRECISO TOMAR MEDICAMENTOS APÓS O PROCEDIMENTO?

Sim. Normalmente é prescrito antiinflamatório ou analgésico em caso de dor.

Fonte: http://www.esteticabrasil.com.br/lipolight.htm

Corpão pós parto

Retomando as boas formas

Depois de nove meses, seu amor deu frutos. Mas não foi só alegria que a gravidez deixou: você agora tem algumas gordurinhas para queimar, a fim de retomar o corpo de antes da gestação.
Ser mãe, profissional e ainda manter o corpo não é para qualquer uma, ou talvez seja. Quem afirma é a esteticista Nilza Bittencourt, que explica como e quais são os tratamentos preferidos das famosas novas mamães. O primeiro requisito para essa conquista é manter a disciplina.
Um dos tratamentos queridinhos de quem quer perder medidas, melhorar a circulação e ainda assim relaxar é a drenagem linfática. Feita com toques sutis e precisos, a massagem pode ser iniciada uma semana após o parto.
Já o Manthus ou o Heccus, equipamentos que aliam terapias combinadas como ultrassom e corrente elétrica de média frequência, são recomendados para a mamãe apenas quando a criança tiver um mês. Indicado para gordura localizada e celulite, também diminui medidas.
Outro tratamento é o Isogei, que tonifica os músculos perdidos ou afrouxados pela gravidez. Os resultados das técnicas começam a ser percebidos em média depois de 2 a 3 meses.
Você pode pensar que esses tratamentos requerem muito tempo, mas nem tanto. Na realidade, eles duram cerca de uma hora e são recomendados ao menos dois dias por semana, com um mínimo de 20 sessões para obter um resultado e, posteriormente, realizando a devida manutenção. E todas as mamães podem fazê-los, não há contra-indicações.

A esteticista ainda destaca que o ideal é aliar os tratamentos com o acompanhamento de uma nutricionista. “Exercícios aeróbicos, muita disciplina, e os modernos tratamentos estéticos são a chave do sucesso para restabelecer a ordem”, finaliza.

Fonte: http://www.fiquelinda.com.br/corpo/1684-corpao-pos-parto.html

Conheça o produto:

Heccus – Ibramed

Manthus – KLD