Arquivo da tag: Linhas de expressão

LED’S e suas funções curativas e embelezadoras

 

 

led

A fototerapia já é um recurso aplicado há muitos anos terapeuticamente.

No final do século XIX surgiu um novo termo e uma nova técnica de interesse: o LED (Light Emitting Diode) ou em português (Diodo Emissor de Luz). Na época de seu surgimento o LED se apresentava como uma promessa revolucionária no segmento de estética para o tratamento da pele, especialmente os tratamentos faciais. Hoje essa promessa revolucionária já é uma realidade.

Os diodos emissores de luz são fontes de luz difusas (não coerentes) com comprimentos de onda variáves (policromáticos) capazes de atingir as organelas celulares ou substâncias alvo (cromóforos), modulando assim suas funções, por isso dizemos que o LED é fotobiomodulador, sua ação modula as funções das células de acordo com as necessidades do tecido, agindo na proliferação celular e também na reparação de células comprometidas. Os LED’S não agem apenas para estimular respostas biológicas, mas estimulam também mecanismos contra regulatórios fisiológicos, por isso alguns LED’S são usados para promover uma ciciatrização mais rápida e melhor dos tecidos devido aos seus efeitos antiinflamatórios e antissépticos.

O recurso torna-se cada vez mais difundido devido à quantidade de possibilidades que abre. Podemos aplicar os LED’S nas áreas de fisioterapia dermatofuncional, onco funcional, ortopédica, neurológica e também na estética. Sua vasta aplicabilidade permite o uso em diversos tratamentos como: acne, psoríase, câncer de pele, linfomas cutâneos, verrugas, rugas e linhas de expressão, cicatrizes diversas (incluindo as de pós operatórios de cirurgias plásticas0

Sua ação estará diretamente ligada ao comprimento de onda escolhido para o tratamento (variando do 405nm – luz visível azul, ao 940nm – infravermelho).

A luz vermelha, por exemplo, tem ação bioestimulante e regeneradora, estimula o rejuvenescimento celular. É bastante utilizada no combate as linhas de expressão e a flacidez, porque estimula a produção de colágeno. É muito utilizada também para cicatrizar os tecidos, ótima para pós operatórios de cirurgias plásticas, evitando o aparecimento de queloides. Seu efeito anti-inflamatório também é muito benéfico nos pós operatórios e em casos de acne ativa.

Já o azul possui um comprimento de onda que favorece sua ação bactericida e oxigenante, sendo muito aplicado em tratamentos de peles acneicas. Auxilia ainda no clareamento de manchas mais superficiais e olheiras.

A luz amarela, ou âmbar, tem ação drenante. Melhora a circulação sanguínea e linfática, auxilia na diminuição de edemas, estimula a hidratação e tem efeito calmante, sendo indicada nas peles sensíveis e até mesmo com rosácea.

O LED infravermelho estimula o colágeno, fortalece o sistema imunológico, auxilia na permeação de cosméticos pois aumenta a permeabilidade da membrana celular.

Outro ponto muito importante sobre os LED’S: a luz também é muito segura, não causa dores e nem desconfortos ou queimaduras, sendo muito bem aceitas nos tratamentos pelos pacientes.

Uma técnica na qual realmente vale a pena investir.

 

 

Curso de Carboxiterapia

No dia 28 de Novembro, tivemos nosso 1º curso de carboxiterapia aqui na Fernandes Fisioterapia.

Utilizando o equipamento Ares da Ibramed, o professor Dr. Marcelo Moscardini de Oliveira, ensinou aplicações para gordura localizada, celulite, estrias, linhas de expressão, flacidez e outros.

Mais uma vez um evento de sucesso!!!

Confira nossas fotos:

Radiofrequência – Hooke

Surge mais uma novidade no mercado da estética: O Hooke, a radiofrequência da marca Ibramed.

Conheça um pouco mais sobre este novo produto e algumas curiosidades:

Características técnicas

O HOOKE é um equipamento para aplicação da energia de radiofrequência utilizada em tratamento médico, estético e cosmético com penetração profunda ou superficial. É microcontrolado, com uma frequência de operação do gerador de radiofrequência de 27,12 MHz. O HOOKE apresenta a potência de 120 Watts, aplicador bipolar (penetração superficial até 4 mm de profundidade) e monopolar (penetração profunda de 15 a 20 mm de profundidade). Além disso, o equipamento permite o resfriamento por meio de um aplicador criogênico (cooling) para preservação da epiderme durante a terapia.

Indicações

O HOOKE é indicado para o tratamento de várias condições estéticas, especialmente, rugas e flacidez de pele, bem como no tratamento da celulite e da gordura localizada. Trata-se de técnica não invasiva, sem efeito sistêmico, não causa dependência e não tem efeitos colaterais indesejáveis.

Efeitos imediatos do HOOKE na pele (aplicador bipolar)

A pele possui uma base de sustentação formada por fibras de colágeno e elastina que determina o seu grau de firmeza e elasticidade, a qual diminui progressivamente com o envelhecimento, formando as rugas e deixando a pele com um aspecto flácido. As fibras de colágeno são constituídas por uma tripla hélice de proteínas, o aquecimento desta estrutura com uma temperatura correta por um determinado tempo pode induzir a imediata contração do tecido e seu espessamento. Esse efeito é resultado da “termocontração do colágeno”. A capacidade de retração do colágeno com a energia térmica não se trata de um conceito novo na área médica e é extremamente atraente quando ocorre com mínimo ou nenhum dano epidérmico. Isso acarreta uma suavização de rugas e linhas de expressão, além de ser um poderoso auxiliar no tratamento da flacidez de pele, inclusive pós-lipoaspiração. Assim a contração imediata do colágeno pode ser induzida pelo HOOKE visando o rejuvenescimento, tratamento de flacidez de pele ou outros sinais de envelhecimento facial ou corporal.

Efeitos imediatos do HOOKE no tratamento da celulite e da gordura localizada (aplicador monopolar)

O tratamento com o HOOKE promove mudanças na estrutura do colágeno causando alterações morfológicas do septo de tecido conjuntivo que contém as células de gordura. O aumento da temperatura local gera a ativação do fluxo sanguíneo, interferindo positivamente, favorecendo a lipólise e a drenagem. O HOOKE proporciona um efeito de contração volumétrica da área tratada (redução de medidas) na maioria dos pacientes.

Efeitos do HOOKE na pele, celulite e gordura localizada a médio e longo prazo

Os efeitos terapêuticos do HOOKE são de dupla natureza: inicialmente provoca uma imediata contração do colágeno, em seguida acontece o disparo de uma cascata de sinalização envolvendo mediadores do processo inflamatório e de reparo e de regeneração tecidual em resposta à leve lesão térmica mediada. Esse mecanismo envolve deposição e remodelação do colágeno (neocolagênese) assim como da elastina (neoelastogênese) que pode perdurar ao longo de meses. Este processo, ao reestrutura a pele e tecido subcutâneo, deixa a aparência mais firme e lisa.

Qual o número ideal de sessões para se obter bons resultados?

O número de sessões se relaciona ao objetivo do tratamento, metabolismo individual, tipo de pele, grau de flacidez e idade. Mas é possível nas primeiras sessões observar os resultados positivos.

O HOOKE pode ser associado a outros tratamentos estéticos?

Sim. Nos casos de celulite e gordura localizada os resultados do tratamento serão melhores se associados à Terapia Combinada HECCUS. Nos casos de flacidez muscular, se for associada à eletroestimulação com correntes AUSSIE ou RUSSA. Nos tratamentos faciais, o HOOKE também pode ser associado ao uso de correntes, em particular, as microcorrentes e ao uso de dermocosméticos. O tratamento com a carboxiterapia ARES (IBRAMED) também potencializa os efeitos desejados.

Os aplicadores bipolar e monopolar podem ser utilizados no mesmo local na mesma sessão?

Sim. Nos quadros, por exemplo, nos quais a celulite e/ou a gordura localizada está relacionada à flacidez de pele, utilizam-se os dois aplicadores na mesma sessão. O aplicador bipolar atua mais superficialmente tratando a flacidez enquanto o aplicador monopolar age mais profundamente para tratar a celulite e/ou gordura localizada.

Quais as principais contra-indicações do tratamento?

– Gestantes e mulheres que pretendam engravidar;

– Usuários de marca passo, implante desfibrilador cardíaco ou outro implante eletromagnético;

– Pacientes com histórico de alterações no sistema imunológico ou inflamatório;

– Pacientes com uso recente de isotretinoína;

– Presença de dermatite ativa ou ferida na área de tratamento;

– Hérnia abdominal, diástase reto abdominal na área de tratamento;

– Implantes metálicos sobre ou sob a área tratada;

– Sobre os materiais preenchedores da derme;

– Quelóides, cicatrizes hipertróficas ou deprimidas na área tratada;

– Regiões teciduais com isquemia;

– Acne pustulosas e fístulas, rosácea, herpes ativo.

* Indivíduos com dispositivos eletrônicos, como, por exemplo, aparelhos auditivos, devem retirá-los no momento do tratamento.

Quais são as recomendações pós-tratamento?

Não há nenhuma manutenção ou período de recuperação após o tratamento com HOOKE. O paciente pode retornar às suas atividades de rotina imediatamente.

De forma similar a outros tratamentos, o paciente deve estar ciente de que o tratamento não é milagroso e que ele deve manter um estilo de vida saudável (dieta e exercícios).

Conheça o produto:

Hooke – Ibramed