Arquivo da tag: peeling

Como se livrar das indesejáveis estrias

Hoje vamos falar de uma das maiores vilãs da beleza feminina: as estrias que  aparecem e incomodam na hora de ir à praia ou piscina e colocar o biquíni, porém se engana quem pensa que este é um problema exclusivamente feminino pois homens também podem apresentar estrias.

Provocadas devido à hiper extensibilidade dos tecidos, há vários fatores que podem contribuir para o aparecimento desses indesejáveis sinais, entre eles estão: excesso de peso com perda repentina do mesmo (podemos citar nesses casos as cirurgias bariátricas e o efeito sanfona do engorda e emagrece), aumento da massa muscular e estirão de crescimento (esta é uma das causas mais comuns entre os homens, principalmente os que malham muito), gravidez, problemas hormonais, uso de anticoncepcionais, entre outros.

O excesso de tração na pele faz com que haja a ruptura das fibras de colágeno e elastina, além de romper vasos sanguíneos (diminuindo a irrigação sanguínea) e diminuindo também a produção de melanócitos da região, esses dois últimos fatores fazem com que a estria adquira um aspecto esbranquiçado com o passar do tempo.

Falando sobre a coloração das estrias as mesmas podem se apresentar de dois tipos:

  • Estrias vermelhas: São as estrias mais recentes, é o processo inicial de sua formação, nas quais já existe a ruptura das fibras de colágeno e elastina, devido ao início do processo inflamatório e como a circulação local ainda não está comprometida essa estria se apresenta com coloração avermelhada. Seu aspecto é similar ao de um arranhão na pele. Nesta fase os resultados dos tratamentos são mais eficazes podendo melhorar muito seu aspecto.
  • Estrias brancas: Conforme o processo inflamatório se instala o corpo age enviando maior quantidade de sangue para a área que foi afetada, essa inflamação continuará por um tempo e então irá parar causando uma cicatriz e levando ao aparecimento da estria branca onde já não há circulação local. Nesta fase a estria é irreversível e todo o tratamento será no intuito de amenizar a aparência (diminuir a espessura e largura das mesmas) e evitar o aparecimento de novas.

Nas mulheres a localização das estrias geralmente ocorre nas regiões de glúteos, mamas, coxas e abdômen.

Já nos homens a localização preferencial é braços, panturrilhas, coxas, glúteos e lombar.

Se o problema é a ruptura das fibras de colágeno, todas as técnicas apresentadas abaixo visam a recuperação e reorganização do mesmo, a diferença é a forma como o fazem . Veja alguns dos tratamentos que podem ser aplicados para atenuar tais marcas.

  • Radiofrequência: O equipamento de radiofrequência emite ondas de calor que aquecem a epiderme e a derme causando uma contração e aumento das fibras de colágeno, reorganizando o tecido e aproximando as bordas da estria. Este tratamento é indolor e melhora o aspecto das estrias brancas, superficiais e estreitas em cerca de 60% a 70%.
  • Carboxiterapia: Um equipamento específico injeta um gás carbônico medicinal no tecido subcutâneo para dilatar as estrias aumentando a irrigação sanguínea e estimulando a produção de colágeno, amenizando sua aparência em até 60%. Apesar de eficaz o tratamento é dolorido, contudo suportável.
  • Microcorrente polarizada: Esta técnica faz uso de um estímulo elétrico de corrente galvânica através de microperfurações com uma pequena agulha na pele. Essas microperfurações associadas à corrente aumentam a produção de colágeno, além de aumentar a vascularização local e o retorno da sensibilidade dolorosa. Eficiente, porém dolorida, são necessárias cerca de 10 sessões para uma melhora que pode chegar a 70%.
  • Peeling de Cristal/Diamante e associações com ácidos: Os peelings de cristal e diamante promovem um lixamento e esfoliação mais intensos na pele, diminuindo sua espessura e facilitando a penetração de um ácido que estimula a produção de colágeno, sendo o mais comum o ácido retinoico. Os resultados chegam a 50% de melhora.
  • Laser fracionado: O laser fracionado promove microperfurações na pele e direciona feixes de luz para a estria que penetram cerca de 1mm de profundidade estimulando a produção de colágeno e elastina e acelerando o processo de cicatrização. Uma única sessão pode melhorar em 30% o aspecto das estrias.
  • Mesoterapia: Consiste na injeção de substâncias como ácido glicólico, a Vitamina C e outras que estimulam a formação do colágeno. A injeção é feita ao longo de toda a estria, com agulhas muito finas que melhoram a circulação local e a produção de proteínas na pele. A técnica reduz a altura e a espessura das estrias.

Mas não pense que um milagre pode acontecer, mesmo com tantas opções de intervenções as estrias ainda fazem parte do grupo de vilões da beleza que são mais difíceis de tratar, portanto a prevenção ainda é a melhor saída, mantendo uma dieta equilibrada e rica em fibras, hidratando o organismo de dentro para fora (bebendo bastante água) e de fora para dentro (com cremes específicos para massagem) e evitando as oscilações constantes de peso.

Estrias, o que são e como evitá-las

Essas estrias não escolhem classe social, idade, cor da pele e não avisam quando vão aparecer. Qualquer pessoa pode ser a vítima. Não são somente grávidas, ou pessoas acima do peso. Muitas mulheres magras também sofrem com esse probleminha.

Elas aparecem por mudanças de hábitos: pode ser por alteração no peso, crescimento, ou até mesmo fazendo musculação. Muitos médicos dizem ser lesões irreversíveis, já que afetam as fibras elásticas e colágenas da pele.

Tipos de Estrias:

Existem 2 tipos de estrias:
As estrias vermelhas e as estrias brancas. As estrias vermelhas são as mais recentes, duram alguns meses assim antes de ficarem brancas. Elas têm essa cor, pois ainda têm vascularização adequada e nutrientes para que possa tentar recuperar essa pele. Se tratada rápida e adequadamente, pode melhorar em até 100% e desaparecer totalmente.
Mas isso não acorrerá com as estrias brancas, que já é uma fase posterior àquelas estrias vermelhas que não foram tratadas ou que continuaram a ser distendidas Elas não só mudam de cor, mas com o tempo elas ficam mais fundas, com aparência de “pele envelhecidas”.

Tratamentos para estrias

Segundo a terapeuta ortomolecular Cristina Maria Neves Oliveira Carrasco, elas podem ser amenizadas e até desaparecerem com o tratamento desenvolvido por ela. O tratamento começa com uma desintoxicação do organismo, visto que é um tratamento ortomolecular. Se quiser saber mais sobre a técnica da Dra Cristina acesse tratamento ortomolecular.
Outro tratamento utilizado para combater as indesejáveis estrias é com acupuntura. No blog da Michelle Marques, que é Acupunturista estética, ela mostra com fotos os resultados obtidos por ela através da Acupuntura.
Há também quem diga que um ” jeitinho caseiro ” ajuda no tratamento anti-estrias. Segue o link com uma receitinha.
Bom, mas o que precisamos realmente saber é que podemos sempre fazer alguma coisa para impedir que elas apareçam:

* Andar com a pele hidratada
* Aplicar óleo de amêndoas (hidrata e aumenta a elasticidade da pele)
* Ter uma alimentação adequada
* Beber muita água
* Praticar exercícios físicos com regularidade
* Evitar o “efeito Sanfona”

Mas se você se descuidou e as “malvadas” estrias apareceram, existem também outros tratamentos.

Aplicação de cremes dermatológicos com ácidos e hidratantes específicos (uso noturno e uso diurno).
Procedimentos médico realizados apenas em consultório. Peelings químicos e mesoterapia/intradermoterapia. Os menos usados são laser, luz pulsada e raspagem (atrito físico).

Lembre -se:
Para ter sempre seu corpo lindo e sem estrias, hidrate e nutra sua pele ao máximo para garantir sua elasticidade e impedir a ruptura das camadas internas. Para isso você pode utilizar alguns produtos cosméticos como a Melange Estry da RMC, um produto rico em Elastina, Rutina, Ceramidas, D-Pantenol, Aloe Vera, Proteínas do Trigo e Extrato de Papaya, que conferem a pele hidratação intensiva, tonificação e emoliência, recuperando seu condicionamento. Outro produto bastante interessante a ser utilizado é o Creme Nutritivo Tonuspeel da marca Peel Line que contém Colágeno Marinho, nutre e tonifica dando suporte para o tecido conjuntivo, responsável pela resistência da elasticidade da pele.
Também é importante evitar roupas apertadas e praticar exercícios regularmente!

Workshop – Peeling Diamantado

A Fernandes Fisioterapia busca sempre a excelência e satisfação de seus clientes e pensando nisso criamos um espaço para treinamentos e workshops voltados às áreas de fisioterapia e também estética, dermatofuncional e cosmetologia.

Nos dias 13/12/2010 e 20/12/2010 realizamos os workshops de Peeling Diamantado com associação de protocolos cosméticos. O evento contou com a participação de 26 profissionais da área, entre fisioterapeutas, estudantes e esteticistas e teve como instrutoras eu (Priscilla – Fisioterapeuta) e a esteticista e consultora de cosméticos Paula Regina Lima, que também faz parte do time da Fernandes Fisioterapia.

Aproveito ainda, para parabenizar toda a nossa equipe  pelo empenho e toda ajuda prestada e também as participantes dos workshops que nos transmitiram muito entusiasmo e vontade de aprender (beijos a todas vocês).

Confira aqui as fotos do evento:

Estes foram os produtos utilizados durante nossos procedimentos de pós peeling:

Protocolo 1

Protocolo 2

Equipamentos utillizados para demonstração:

  • Dermotonus Slim: Peeling de Diamante da Ibramed.
  • Dermovac: Peeling de Diamante da Bioset

Manchas na pele no Verão

Cuidados com a pele

Não ha nada pior do que ter uma pele manchada mas nada de desespero e possível evitar o seu aparecimento e caso elas já tenham se instalado existem tratamentos que acertam  em  cheio o problema.
Já ouviu falar em melasma? Esse é o nome que recebem as famosas manchas de pele. Elas aparecem, principalmente, no rosto, colo e mãos, por serem regiões que naturalmente ficam mais expostas aos raios solares.  Mas o sol não é o fator desencadeante.
Elas podem surgir devido a alterações hormonais, seja por causa da gravidez, uso de contraceptivos orais ou tratamentos de reposição hormonal depois da menopausa. Todas essas situações podem estimular um hormônio que faz com que a pele produza mais pigmento, que se intensifica com a luz solar. O resultado são manchas marrom-acastanhadas, que podem e devem ser prevenidas ou amenizadas quando já ganharam espaço.

Em combate

O uso do filtro solar de amplo espectro, inclusive em dias nublados, é fundamental para prevenir seu aparecimento. Não esqueça de reaplicá-lo várias vezes. Há também anti-oxidantes que podem ser ingeridos oralmente e cremes à base de polifenois, extrato de uva e também os concentrados de ácido elágico (extraído da romã), que evitam o seu aparecimento.
Um dos tratamentos mais requisitados para disfarçá-las é o peeling, uma espécie de esfoliação da pele. Os tradicionais são rigorosos quando o quesito é se expor ao sol, por utilizarem ácidos. Por esse motivo o tratamento com peeling químico é indicado para ser feito no outono ou inverno. Porém, o peeling herbal permite que o paciente se exponha ao sol no décimo dia de tratamento, sempre usando filtro solar, pois utiliza substâncias naturais. “Ele é indicado para pessoas de qualquer idade e apresenta resultados satisfatórios em peles morenas. Já nas claras, bastam poucas aplicações para suavizar o problema”, destaca Dr. Carlos Alberto Cruz Mello.

Nos primeiros quatro dias de aplicação a pele fica aquecida e com um aspecto avermelhado, semelhante a uma insolação. O uso de protetor solar é indispensável e a exposição ao sol deve ser evitada. A pele começa a descamar entre o quinto e o sexto dia. “Não se deve remover a camada da pele esfoliada com as mãos, a fim de evitar o surgimento de graves lesões na pele”, enfatiza o especialista.
É importante continuar o tratamento em casa com cremes clareadores específicos, que serão indicados por um profissional. Daí a importância do acompanhamento médico. É ele quem vai determinar o tipo de creme que você vai utilizar e por quanto tempo.
Fonte: http://www.fiquelinda.com.br/pele/1653-manchas-na-pele-no-verao.html

Ver também:

Base Tonalizante com FPS 20 -Peel Line