10 cuidados que sua clínica deve ter ao escolher o equipamento para tratamento de gordura localizada e celulite

Publicado por Priscila Moro em 11/04/2019 - 2 Comentários


Profissionais da área de estética que planejam oferecer tratamento de combate à gordura localizada e celulite devem ter alguns cuidados ao escolher seus equipamentos. Com os aparelhos certos é possível oferecer serviços de qualidade com resultados eficazes.

Saiba também quais são as 9 formas para tratar mulheres com alto índice de gordura localizada, um artigo especialmente escrito para esteticistas e profissionais de clínica de estética.

Confira quais são esses cuidados:

1- Dê preferência aos equipamentos necessários

Para iniciar os trabalhos, alguns aparelhos são imprescindíveis, como:

  1. a) Aparelho de ultrassom de 3mhz, que pode ser convencional ou de alta potência como, por exemplo, o Heccus.
  2. b) Aparelho de endermo e vacuoterapia, como o Dermotonus slim/esthetic.
  3. c)  E para complementar o tratamento, o Neurodyn Esthetic, que abrange corrente de eletrolipólise e massagem aura, além da manta térmica, que possui ação detox.

Na realidade, o resultado da terapia se torna mais rápido e eficaz quando há mais recursos disponíveis associados ao tratamento.

 

2- Decida de maneira assertiva

Para que a decisão seja tomada de maneira assertiva, no momento da escolha desses equipamentos, é importante avaliar os seguintes fatores:

  1. a) Público de destino: quem o profissional visa atender com os tratamentos
  2. b) Tipo de procedimento que vai realizar com maior frequência: facial ou corporal
  3. c) Demanda do tipo de equipamento e terapia: avaliar se o equipamento a ser escolhido será 100% aproveitado em suas funções em relação aos protocolos que já são oferecidos pela profissional, ou seja, se a profissional usará todas as funções que o aparelho tem disponível, pois utilizar apenas uma função de um aparelho que possui muitas possibilidades não é compensatório.

 

3- Um único equipamento pode realizar ambos os tratamentos, mas atenção à queixa do cliente

Os  tratamentos de gordura localizada e celulite podem, sim, ser realizados por um único equipamento. Dependendo da avaliação e da queixa da cliente, a profissional pode optar por um equipamento que trate ambas as disfunções. No entanto, quando há também a disponibilidade de outro recurso, para combinar no atendimento, seja de eletroterapia ou manual, o resultado será potencializado.

 

4- Pense nas regiões do tratamento

Dependendo da região a ser tratada, deve ser utilizado um aplicador específico, que se encaixe de maneira específica nessa região. Um ultrassom de alta potência que apresenta um cabeçote  maior, não se adaptaria por exemplo, a um braço que tem a região pequena. Nesse caso, para realizar o tratamento, é necessário um aparelho que tenha o cabeçote menor.

 

5- Escolha aparelhos que trabalham diversas regiões do corpo

Para uma profissional que começando a trabalhar com tratamentos como combate à gordura localizada e celulite, existem duas opções de equipamentos que podem atender a maioria das regiões corporais. São elas:

  1. a) Obter um aparelho de alta performance, no qual o ultrassom de alta potência é considerado uma plataforma de tratamento corporal e pode tratar disfunções como gordura localizada, celulite, pré e pós-operatório, além do fortalecimento muscular.
  2. b) Aparelhos de endermoterapia, ultrassom convencional e manta térmica, que também podem trabalhar diversas regiões do corpo.

 

6- Fique atento à procedência  do aparelho

Ao adquirir um equipamento para tratamentos de combate à gordura localizada e celulite, é necessário que o profissional esteja atento a alguns cuidados, como verificar sua procedência; se o equipamento possui registro na Anvisa; se a loja ou revenda oferece um bom atendimento; se há assistência técnica como suporte; opção de consultoria e treinamento sobre o equipamento; entre outros.

 

7- Esteja ciente dos cuidados necessários

Depois de adquiridos, é preciso também estar atento aos cuidados específicos com cada um dos equipamentos. Isso inclui fazer a revisão uma vez por ano; realizar manutenção preventiva; ter em mãos o laudo do aparelho que o certifica como regularizado; etc. Cuidados diários também são importantes na preservação, como mantê-lo limpo e manuseá-lo corretamente, de acordo com cada protocolo, como por exemplo, não colocar gel suficiente no aplicador, fato que danifica o aparelho e traz riscos ao cliente.

 

8- Monte programas de tratamentos específicos

Após a escolha do aparelho, dos cosméticos e da definição do protocolo de atendimento, é indicado que sejam montados programas de tratamentos específicos de acordo com a necessidade de cada cliente, tornando-os mais personalizados e elaborados.

Entenda melhor sobre celulite e a relação entre tratamento e autoestima.

 

9- Saiba calcular o retorno de seu investimento

A média para que seja obtido um resultado satisfatório é de oito a 10 sessões, realizando-as duas vezes na semana. Já a média de valores das sessões, de acordo com os equipamentos citados, é de R$70 a R$120 por sessão, dependendo do local de trabalho, dos recursos utilizados e serviços disponíveis.

Confira também nosso checklist com dicas de como empreender e vender mais serviços em sua Clínica de Estética e baixe agora o material!

Quer saber mais ou ficou com dúvidas sobre os cuidados  que sua clínica deve ter ao escolher o equipamento para tratamento de gordura localizada e combate à celulite? Deixe seu comentário. Será um prazer ajudar!


2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] 10 cuidados que sua clínica deve ter ao escolher o equipamento para tratamento de gordura localizad… […]

trackback

[…] Escolher equipamentos para tratamentos de combate à gordura localizada e celulite é algo que necessita de cuidados e conhecimento. No entanto, existem linhas que, pelos resultados que proporcionam, acabam se tornando referência no segmento. Esse é o caso dos aparelhos de Ultrassom Sonopulse, da Ibramed. […]