4 Dicas para contratar melhores profissionais para sua clínica de Fisioterapia ou Estética

Publicado por Antonio Carlos em 03/10/2019 - Nenhum comentário


Dicas para contratar melhores profissionais para sua clínica de Fisioterapia ou Estética

 

Seu negócio cresceu e você está precisando contratar melhores profissionais para sua clínica, para ajudá-la a crescer ainda mais?

Com base em minha experiência, como empresário do setor de saúde há mais de 35 anos, compartilho 4 dicas importantes que irão ajudá-lo a contratar melhores profissionais para sua clínica de Fisioterapia ou Estética.

 

1- Defina o tipo de profissional que procura e monte um documento para orientá-lo

Liste as tarefas que serão realizadas pelo futuro candidato, incluindo atributos importantes para seu negócio, como exemplo: ter iniciativa, ser proativo, fazer sem precisar mandar fazer, ter simpatia e paciência para lidar com clientes e outros funcionários.

Defina a modalidade da contratação, considerando as alternativas:

– Profissional formado com “x” tempo de experiência pelo regime CLT, ou; 

– Recém-formado contratado como trainee com intenção de efetivá-lo futuramente ou;

– Profissional autônomo, cuja contratação não incluirá vínculos empregatícios, ou ainda 

– Como Estagiário, mas não se esqueça que é um convênio com a escola, por meio de documentação e prática sob supervisão;

Sua lista deve constar os horários de trabalho no consultório ou no seu espaço de estética; inclua salário, benefícios como VR e VT ou, em alguns casos, uma ajuda de custo para combustível; os horários de entrada/saída e de almoço e o que precisará ser preparado na sua estrutura, como notebook, estação de trabalho, acessos ao gerenciador, e-mail.

Para se atualizar e se preparar para uma possível negociação salarial, faça uma pesquisa em sites de classificados de emprego,  sobre qual a média que o mercado paga para seu futuro contratado na função que irá exercer, seja esteticista, fisioterapeuta, secretária ou trainee.

Em se tratando de profissionais da saúde e bem-estar, defina também quais atribuições serão de responsabilidade do profissional. Por exemplo, para uma esteticista, deve estar claro se ela vai avaliar e tratar ou se você avalia e ela apenas trata. Aproveite e acrescente na sua lista as  características que não são permitidas em anúncios de emprego, mas que devem estar bem definidas para você, como idade e gênero desejados.

2-Crie um anúncio de emprego com um descritivo atrativo

Para contratar melhores profissionais para sua clínica, a não ser que tenha uma indicação  ou conheça alguém que queira trabalhar com você, do contrário, precisará anunciar. O anúncio deve seguir, mais ou menos, esta linha: “Clínica de saúde e bem-estar em expansão, precisa de fisioterapeuta – ou esteticista – para contribuir com o crescimento do negócio. Oportunidade de grande aprendizado e crescimento profissional.” Deverá contar, ainda, com alguns campos para que o candidato saiba se realmente se encaixa no perfil da clínica. São eles: pré-requisitos, atribuições, salários/benefícios e horário de trabalho.

 

Pré-requisitos

– Deve constar a formação do candidato, Ex.: Ser formado na área de estética ou na área de biomedicina, fisioterapia.

– Se for necessário ter experiência, estipular o tempo. Ex.: Ter, no mínimo, um ano de experiência comprovada em carteira profissional.

– Se há necessidade de saber operar determinado equipamento. Ex.: Em estética, aparelhos de vapor, aparelhos de vácuo; em fisioterapia, eletroestimuladores, aparelho de laserterapia.

– Estar disponível para trabalhar aos fins de semana ou à noite, se for o caso.

– Disponibilidade de atendimento. Ex.: Estar disponível para atendimento em domicílio.

– Ter alguns atributos específicos. Ex.: Ter prática em aplicar massagem relaxante e drenagem linfática; possuir experiência em pós-operatório de cirurgia plástica ou possuir experiência em pós-operatório de cirurgias ortopédicas, em se tratando de fisioterapeuta.

Assine nossa newsletter

 

Atribuições

Este campo está relacionado à rotina do futuro funcionário, ou seja, tudo o que ele irá realizar diariamente. Atividades como conferir e atualizar agenda de pacientes, acessar as redes sociais e responder aos comentários, recepcionar o cliente, conduzi-lo à área de tratamento, montar relatórios  de produção diária, ter disponibilidade para reuniões internas, de treinamento ou capacitação para novos serviço, acompanhar o cliente até a saída, são alguns exemplos de atribuições do cargo.

 

Salário

O último campo que não pode faltar no anúncio é o salário. Você pode adicionar o valor (o que já vai funcionar como um primeiro filtro) ou deixar em aberto para perguntar na entrevista, por exemplo, a pretensão salarial do candidato e deixá-lo falar sobre isso.

Nesse campo também deve constar se há benefícios, tipo de convênio médico, vale-refeição, premiação por produtividade, cartão-alimentação, entre outros.

Todos esses elementos tornarão o anúncio de emprego completo e atrativo.

 

3- Prepare-se para a entrevista

Como proprietário do negócio, é preciso que você esteja concentrado no momento da entrevista, para que seja possível captar indicativos de sinceridade, postura, timidez, sinais positivos (ou não) do candidato. Pois, afinal de contas, toda entrevista, nada mais é do que um teatro no qual as pessoas mostram o melhor de si, e os pontos a melhorar só irão aparecer após a contratação e na rotina do consultório.

Confira algumas dicas para se preparar para entrevistar os candidatos.

 

Evite marcar mais que duas entrevistas por dia

Uma entrevista bem feita é desgastante para ambos os lados, quem está sendo avaliado e o avaliador. Caso opte por marcar duas entrevistas ao dia, evite que sejam em horários muito próximos pois, poderá haver atraso. O ideal é manter, pelo menos, uma hora de distância entre uma entrevista e outra, assim você tem tempo e concentração para avaliar e chegar o mais próximo possível da certeza.

 

Seja mais ouvinte do que falante

Temos uma tentação muito grande de falar do nosso próprio negócio. No entanto na função de um recrutador/entrevistador, é importante ouvir mais do que falar. Procure fazer perguntas abertas, como “Fale um pouco de você”, “Por que escolheu a profissão esteticista (ou fisioterapeuta)?”, segure a ansiedade e espere o candidato concluir.

Incentive-o a falar sobre seus hobbies, sobre a família, se tem filhos pequenos, e se tiver com quem eles ficam, se tem um companheiro ou companheira e no que ele trabalha. Essas informações facilitam conhecer mais profundamente a rotina pessoal e os propósitos do candidato.

Outra questão relevante é sobre como o candidato virá ao trabalho (de ônibus, de carro, de moto). É importante ter ideia da mobilidade, pois assim é possível mensurar seu grau de dificuldade de deslocamento.

 

Dica para avaliar a ambição do candidato

O salário inicial pode não demonstrar muito bem a ambição do candidato. Penso que as pessoas precisam ter um propósito, um motivo positivo para contribuir com a empresa e a sociedade. E uma das perguntas que podem ajudar a medir é: “Quanto você quer ganhar para vir trabalhar conosco agora?” Após ouvir o valor, continue e acrescente outra pergunta: “E daqui a um ano, qual seria um bom salário pra você?” Acredito que seja um bom indicativo se o candidato demonstrar vontade de crescer com o seu negócio e se ele mencionar algo por volta de 50% a mais, isso pode representar uma ambição saudável e uma perspectiva de futuro, desde que seja em uma relação profissional onde todos ganham.

Uma pergunta muito usada por entrevistadores é: “Por que você quer trabalhar com a gente?” Tomara que o candidato sorria nessa hora e coloque um motivo realmente interessante.

 

Seja sensato

Cuidado com o sentimento. Procure ser o mais frio e sensato possível, não se deixe levar por muitos sorrisos, simpatia ou, até mesmo, por um comportamento de alegria exagerada. Lembre-se de que trata-se de um momento de “teatro” e ao mesmo tempo em que você avalia o candidato, também está sendo avaliado por ele.

Artigos Relacionados

 

4- Proponha um período de experiência

Ao identificar um bom candidato e sentir que vale a pena investir, proponha um período de experiência. Minha sugestão é um prazo de 30 dias, depois disso marque uma conversa franca sobre os pontos positivos e o que ainda precisa ser melhorado profissionalmente, e proponha mais 30 dias de experiência para avaliar as mudanças antes da efetivação. 

Durante essa conversa franca, diga o que acha, sem medo, sem constrangimento e com sinceridade. Seu recém-contratado vai apreciar a transparência  e a liberdade de conversar sobre o que pode ser melhorado para que a empresa tenha uma performance melhor.

Seguindo essas 4 dicas, provavelmente, você encontrará o profissional ideal para ajudar a manter o seu negócio em crescimento.

 

Que tal nos ajudar com sua experiência para contratar melhores profissionais para sua clínica de Fisioterapia ou Estética? Compartilhe com a gente, nos comentários!

 

E-book Como empreender e vender mais serviços em sua clinica de estética


Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de