Áreas da fisioterapia em alta no mercado

Publicado por FisioFernandes em 12/02/2020 - Nenhum comentário


Áreas da fisioterapia em alta no mercado

Saiba quais são as áreas da fisioterapia em alta no mercado.

A fisioterapia é uma das áreas da saúde em constante crescimento no país. A diversificação crescente dos procedimentos da área possibilita que os profissionais  se especializem para oferecer o melhor tratamento e atendam com mais qualidade as demandas dos pacientes.

Se você é um profissional que deseja apostar em uma especialidade com mais chances de sucesso, fique atento às áreas da fisioterapia em alta no mercado e às que mais vem se destacando em atendimento fisioterapêutico.

Fisioterapia Desportiva

Entre as áreas da fisioterapia em alta está a fisioterapia desportiva. Voltada para atletas e atuando na prevenção e no tratamento de lesões, a especialidade tem como objetivo proporcionar ganho de equilíbrio, flexibilidade, força muscular, potência, resistência e propriocepção (capacidade do indivíduo de localizar seu corpo no espaço), tudo para que o atleta esteja em sua melhor forma para alcançar bons resultados no esporte que pratica.

Essa especialidade está em evidência atualmente, pois a prática esportiva está se tornando cada vez mais ligada ao cotidiano das pessoas que buscam a melhora da saúde e da estética e pelo fato de após uma lesão, o atleta recorrer a um profissional de fisioterapia desportiva para iniciar o tratamento de reabilitação.

As sessões de fisioterapia desportiva costumam ser planejadas individualmente, considerando as características de cada atleta, de acordo com o estado em que seu corpo se encontra e com sua rotina.

Uma dica útil ao profissional fisioterapeuta que pretende atuar nessa especialidade é buscar por instituições que tenham convênios com clubes e associações esportivas para que a sua formação se realize acompanhando atletas que, de fato, necessitam do trabalho fisioterapêutico.

Assine nossa newsletter

 

Fisioterapia Neurológica

Esta é mais uma área da fisioterapia em alta no mercado. Os pacientes que recorrem à fisioterapia neurológica são os portadores de deficiência ou acometidos com Mal de Alzheimer; Mal de Parkinson; que sofreram um Acidente Vascular Cerebral (AVC); que tiveram traumatismo craniano devido a algum acidente; entre outros, por isso necessitam de profissionais capacitados com perícia extrema e delicadeza para os auxiliarem na superação dos problemas e na adaptabilidade.

A fisioterapia neurológica atua para minimizar os impactos e limitações no cotidiano desses pacientes, explorando suas potencialidades e autonomia, pois quanto mais cedo as intervenções são iniciadas, mais rápidos são os resultados.

Acupuntura

Embora não seja necessário ser formado em fisioterapia para se trabalhar com acupuntura, esses profissionais têm buscado cada vez mais a técnica já que esta pode auxiliar nos tratamentos oferecidos em clínicas de fisioterapia.

A acupuntura faz parte da Medicina Tradicional Chinesa e consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo, que são diretamente relacionados aos órgãos e vísceras. Seu principal foco é a busca da harmonia entre o corpo e a mente.

Os pacientes lesionados e que buscam tratamentos de fisioterapia, normalmente, sentem muitas dores, e estas podem ser reduzidas com a acupuntura.

Pilates

O Pilates é uma das áreas da fisioterapia em alta. Para conduzir as sessões é necessário ser formado em fisioterapia ou educação física e para realizar um tratamento personalizado, essas sessões devem ser individuais para que o profissional disponha total atenção aos movimentos dos pacientes.

A técnica trabalha com alongamento, aprimoramento da coordenação motora, desenvolvimento do equilíbrio, diminuição do estresse, fortalecimento corporal, melhora na respiração e relaxamento.

Como os movimentos são de baixo impacto, pouca repetição e por respeitarem as limitações das habilidades de cada paciente, todos podem praticar pilates, por isso até mesmo os que dizem não gostar de atividades físicas acabam se rendendo à modalidade.

Artigos Relacionados

Fisioterapia do trabalho

É cada vez mais frequente o investimento de empresas nesta especialidade. A fisioterapia do trabalho, outra das áreas da fisioterapia em alta no mercado, atua para proporcionar qualidade de vida ao trabalhador, evitando afastamentos desnecessários por questão de saúde, como por exemplo, lesões por esforço repetitivo (LER).

Ginástica laboral, cuidados com a postura e a ergonomia no ambiente do trabalho são algumas das atividades conduzidas pelo fisioterapeuta.

Geriatria e gerontologia

O Brasil tem vivido um crescimento rápido da população de idosos, que passa a demandar cada vez mais serviços de saúde, em todas as classes sociais.

Com a transformação da pirâmide etária, esta é uma especialidade com um potencial de mercado cada vez maior, já que visa a redução das dificuldades geradas pelos problemas motores que surgem com a idade e contribui para autonomia dessa parcela da população.

Uroginecologia e obstetrícia

Embora pouco conhecida, esta é uma área que tende a ganhar cada vez mais relevância na saúde, devido ao crescimento das mulheres que optam por partos naturais humanizados.

A atuação dessa especialidade também envolve o tratamento de pessoas com disfunção fecal, urinária ou sexual, além de auxiliar gestantes com o fortalecimento da região pélvica, trabalho que traz enormes benefícios para a hora do parto.

Fisioterapia respiratória em terapia intensiva

Trata-se de uma especialização que atua com aspectos como ventilação mecânica, monitorização respiratória e suporte respiratório não invasivo, em quadros extremamente delicados que requerem o tratamento diferenciado de uma terapia intensiva.

Auxilia ainda na disfunção renal e em doenças pulmonares mais comuns em pacientes que se encontram nesse quadro.

Fisioterapia oncofuncional

A especialidade é voltada para profissionais que trabalham com pacientes que foram acometidos por câncer e tem como finalidade preservar, restaurar ou manter a integridade dos sistemas e órgãos afetados tanto pelo tratamento como pela doença propriamente dita.

Fisioterapia dermatofuncional

Apesar de ainda pouco conhecida entre as áreas da fisioterapia em alta no mercado, a especialidade, muito próxima à dermatologia médica, foca em terapias da pele e intergumentares (de tecidos como unhas, cabelos e pelos).

Quer saber mais sobre as áreas da fisioterapia em alta no mercado ou ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário. Será uma satisfação poder ajudar!

E-book Modelo de Clínica Básica de Fisioterapia Home Care


Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificar de