Como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva

Publicado por FisioFernandes em 19/02/2020 - 4 Comentários


Como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva

Saiba como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva.

A fisioterapia esportiva, atualmente, vem ganhando cada vez mais espaço na área de saúde, inclusive trabalhando lado a lado com a medicina esportiva.

O fisioterapeuta esportivo tem a função de acompanhar o trabalho de atletas, sejam eles profissionais ou amadores, prevenindo e trabalhando a reabilitação de lesões e outros traumas que possam surgir em decorrência do exercício.

O profissional pode atender no próprio centro de treinamento de seus pacientes, atuando em conjunto com o preparador físico ou com o treinador do atleta, utilizando técnicas preventivas e para melhora de rendimento.

Entretanto, se o fisioterapeuta tem planos de montar uma clínica de fisioterapia esportiva, seguem algumas dicas para evitar altos custos e viabilizar seu espaço de atendimento.

 

Ter a especialidade

Para montar uma clínica de fisioterapia esportiva é fundamental ter essa especialização, por isso, é necessário, primeiro, investir num curso de pós-graduação na área de Fisioterapia do Esporte para direcionar a carreira e aprofundar os conhecimentos em fisioterapia esportiva, já que o corpo de um atleta é diferente do de uma pessoa sedentária, exigindo cuidados bastante específicos.

Essa dedicação se faz necessária pois o tratamento também tende a ser diferente, já que quando há lesão, é preciso assegurar que esta será controlada para que seja possível responder uma série de cobranças e prazos. A pressão imposta pela especialidade torna o trabalho um pouco mais complexo que na fisioterapia tradicional.

O curso de especialização ensina os fundamentos da fisiologia do exercício, técnicas que auxiliam no treinamento e na performance do paciente e ações preventivas a serem realizadas ao longo da temporada, além do acompanhamento nos jogos e competições e na recuperação após essas partidas.

 

Faça um planejamento

Elaborar um plano de negócios é imprescindível para se montar uma clínica de fisioterapia esportiva. Nesse planejamento, devem constar valores detalhados para a estruturação da empresa e capital de giro necessário para os primeiros meses de funcionamento do negócio.

Uma boa sugestão é que o profissional procure pelo Sebrae para uma consultoria adequada sobre o negócio, levando em conta suas particularidades. Para dados mais detalhados é necessário saber exatamente quais serão os serviços oferecidos pela clínica.

 

Artigos Relacionados

 

Atender as exigências legais

Estar com tudo legalizado para começar a atuar é o melhor a se fazer, para que não haja despesas maiores com futuros contratempos.

O profissional deve estar inscrito no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITO) da sua região para poder exercer a profissão. 

Para montar uma clínica de fisioterapia esportiva, é necessário atender a algumas exigências legais, como ter com um Responsável Técnico de acordo com a Lei  n° 6.316/75, que diz que no momento do registro, a empresa deverá contar com pelo menos um profissional formado em fisioterapia e com registro no Conselho Profissional da Categoria. 

Ainda serão necessários os seguintes documentos para que a clínica possa funcionar legalmente:

  • Registros junto à Receita Federal, para obtenção do CNPJ;
  • Registros na Junta Comercial e Receita estadual, para obtenção da inscrição estadual;
  • Registros junto à prefeitura, para obtenção do alvará de localização e de licença sanitária;
  • Enquadramento no Conselho de Classe;
  • Autorização do Corpo de Bombeiros e alvará de segurança;
  • Cadastro Municipal de Vigilância Sanitária (CMVC), do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária (Sevisa);
  • Clínicas e consultórios têm a obrigação de seguir as normas da Anvisa, que é responsável por registros e fiscalização.

 

Assine nossa newsletter

 

Invista na estrutura necessária

Para montar uma clínica de fisioterapia esportiva, estima-se que seja necessário uma área de, em média de 70 m², dependendo da estrutura do empreendimento. O ambiente pode ser dividido em espaços para atendimento individuais e coletivos, banheiros, recepção, sala de espera e escritório.

O  espaço deve estar com as instalações elétricas e hidráulicas em boas condições e com um ambiente bem iluminado. E é importante alertar que o valor do aluguel não pode comprometer de forma significante o faturamento do empreendimento, já que outras despesas como água, luz, internet, telefone, remuneração de funcionários (caso haja) e impostos deverão ser quitadas.

 

Pense nos pacientes

É importante que a clínica disponibilize facilidade de estacionamento e comodidade na sala de espera, com revistas ou TV e água aos pacientes. Os cuidados com visual, localização e funcionalidade da recepção são indispensáveis por serem o primeiro contato com o cliente.

Já as salas de atendimento devem acomodar os móveis e equipamentos de forma funcional e os banheiros devem estar  próximos às áreas de atendimento e adaptados para pessoas com deficiência.

 

Equipamentos

Os equipamentos são uma parte importante para montar uma clínica de fisioterapia esportiva. Atualmente, existe uma uma variedade deles que, com a correta utilização, diminuem os esforços do paciente e oferecem resultados em curto espaço de tempo. A clínica deve adquirir esses equipamentos em quantidade suficiente que permita a realização da limpeza e esterilização adequada e pelo tempo recomendado, além de passarem por manutenção periódica.

 

Fachada

Uma área externa apresentável  também é uma maneira de apostar em novos clientes, desta forma, é importante considerar algum investimento em letreiros, além de sinalização de entradas, saídas e estacionamento.

Estas são algumas dicas sobre como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva, começando pelo passos iniciais mais importantes. Elas irão ajudar a viabilizar seu espaço de atendimento. 

 Quer uma dica específica para o seu negócio? Deixe um comentário e responderemos para você!

 

E-book Modelo de Clínica Básica de Fisioterapia Home Care


4
Deixe um comentário

avatar
3 Comentários
1 Respostas
0 Seguidores
 
Mais votados
Mais populares
2 Autores
Priscila MoroMarques Autores recentes
  Inscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] Artigos Relacionados • Documentos necessários para abrir uma Clínica de Fisioterapia Esportiva • Como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva […]

trackback

[…] Como evitar altos custos ao montar uma clínica de fisioterapia esportiva […]

Marques
Visitante
Marques

Olá, quero construir um espaço com 2 consultórios, hidroterapia, área para pilates e reabilitação. Qual a melhor orientação? Consultório ou clínica??? Tendo em vista q pretendo locar para outros profissionais de outras áreas.

Priscila Moro
Editor

Olá Marques
Boa tarde!!!

Orientamos que procure pela prefeitura da sua cidade, pois cada lugar tem suas especificações e exigências.
Obrigada!!