Como se livrar das indesejáveis estrias

Hoje vamos falar de uma das maiores vilãs da beleza feminina: as estrias que  aparecem e incomodam na hora de ir à praia ou piscina e colocar o biquíni, porém se engana quem pensa que este é um problema exclusivamente feminino pois homens também podem apresentar estrias.

Provocadas devido à hiper extensibilidade dos tecidos, há vários fatores que podem contribuir para o aparecimento desses indesejáveis sinais, entre eles estão: excesso de peso com perda repentina do mesmo (podemos citar nesses casos as cirurgias bariátricas e o efeito sanfona do engorda e emagrece), aumento da massa muscular e estirão de crescimento (esta é uma das causas mais comuns entre os homens, principalmente os que malham muito), gravidez, problemas hormonais, uso de anticoncepcionais, entre outros.

O excesso de tração na pele faz com que haja a ruptura das fibras de colágeno e elastina, além de romper vasos sanguíneos (diminuindo a irrigação sanguínea) e diminuindo também a produção de melanócitos da região, esses dois últimos fatores fazem com que a estria adquira um aspecto esbranquiçado com o passar do tempo.

Falando sobre a coloração das estrias as mesmas podem se apresentar de dois tipos:

  • Estrias vermelhas: São as estrias mais recentes, é o processo inicial de sua formação, nas quais já existe a ruptura das fibras de colágeno e elastina, devido ao início do processo inflamatório e como a circulação local ainda não está comprometida essa estria se apresenta com coloração avermelhada. Seu aspecto é similar ao de um arranhão na pele. Nesta fase os resultados dos tratamentos são mais eficazes podendo melhorar muito seu aspecto.
  • Estrias brancas: Conforme o processo inflamatório se instala o corpo age enviando maior quantidade de sangue para a área que foi afetada, essa inflamação continuará por um tempo e então irá parar causando uma cicatriz e levando ao aparecimento da estria branca onde já não há circulação local. Nesta fase a estria é irreversível e todo o tratamento será no intuito de amenizar a aparência (diminuir a espessura e largura das mesmas) e evitar o aparecimento de novas.

Nas mulheres a localização das estrias geralmente ocorre nas regiões de glúteos, mamas, coxas e abdômen.

Já nos homens a localização preferencial é braços, panturrilhas, coxas, glúteos e lombar.

Se o problema é a ruptura das fibras de colágeno, todas as técnicas apresentadas abaixo visam a recuperação e reorganização do mesmo, a diferença é a forma como o fazem . Veja alguns dos tratamentos que podem ser aplicados para atenuar tais marcas.

  • Radiofrequência: O equipamento de radiofrequência emite ondas de calor que aquecem a epiderme e a derme causando uma contração e aumento das fibras de colágeno, reorganizando o tecido e aproximando as bordas da estria. Este tratamento é indolor e melhora o aspecto das estrias brancas, superficiais e estreitas em cerca de 60% a 70%.
  • Carboxiterapia: Um equipamento específico injeta um gás carbônico medicinal no tecido subcutâneo para dilatar as estrias aumentando a irrigação sanguínea e estimulando a produção de colágeno, amenizando sua aparência em até 60%. Apesar de eficaz o tratamento é dolorido, contudo suportável.
  • Microcorrente polarizada: Esta técnica faz uso de um estímulo elétrico de corrente galvânica através de microperfurações com uma pequena agulha na pele. Essas microperfurações associadas à corrente aumentam a produção de colágeno, além de aumentar a vascularização local e o retorno da sensibilidade dolorosa. Eficiente, porém dolorida, são necessárias cerca de 10 sessões para uma melhora que pode chegar a 70%.
  • Peeling de Cristal/Diamante e associações com ácidos: Os peelings de cristal e diamante promovem um lixamento e esfoliação mais intensos na pele, diminuindo sua espessura e facilitando a penetração de um ácido que estimula a produção de colágeno, sendo o mais comum o ácido retinoico. Os resultados chegam a 50% de melhora.
  • Laser fracionado: O laser fracionado promove microperfurações na pele e direciona feixes de luz para a estria que penetram cerca de 1mm de profundidade estimulando a produção de colágeno e elastina e acelerando o processo de cicatrização. Uma única sessão pode melhorar em 30% o aspecto das estrias.
  • Mesoterapia: Consiste na injeção de substâncias como ácido glicólico, a Vitamina C e outras que estimulam a formação do colágeno. A injeção é feita ao longo de toda a estria, com agulhas muito finas que melhoram a circulação local e a produção de proteínas na pele. A técnica reduz a altura e a espessura das estrias.

Mas não pense que um milagre pode acontecer, mesmo com tantas opções de intervenções as estrias ainda fazem parte do grupo de vilões da beleza que são mais difíceis de tratar, portanto a prevenção ainda é a melhor saída, mantendo uma dieta equilibrada e rica em fibras, hidratando o organismo de dentro para fora (bebendo bastante água) e de fora para dentro (com cremes específicos para massagem) e evitando as oscilações constantes de peso.

2 comentários sobre “Como se livrar das indesejáveis estrias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *