Quanto custa para abrir uma clínica de estética?

Publicado por FisioFernandes em 23/01/2020 - 1 Comentário


Quanto custa para abrir uma clínica de estética

Você pode estar se perguntando “Quanto custa para abrir uma clínica de estética?”, já que este é um dos mercados que estão em constante expansão. Segundo o jornal O Globo, em contramão à economia que vem se recuperando lentamente, o Brasil é o segundo país que mais cresce na estética.

Esse crescimento se dá pelo fato de que, devido à crise, muitas pessoas optam por abrir um negócio próprio e, ao contrário do que muitos pensam, o mercado de estética é um ramo que requer investimento relativamente baixo.

Então, quanto custa para abrir uma clínica de estética? Tudo dependerá da clínica que o profissional pretende montar.

No entanto, uma clínica básica, com produtos e serviços de menores custos pode proporcionar excelentes resultados, principalmente para levantar um fundo de investimento para realizar um upgrade significativo em equipamentos a um prazo um pouco mais longo.

Para calcular o quanto custa para abrir uma clínica de estética, existem alguns fatores a se considerar:

 

1. Nicho de mercado

É importante entender e definir qual é o público-alvo do negócio, pois é essa uma variável que irá definir o restante das decisões sobre investimentos.

É preciso saber se o desejo é montar uma clínica inclusiva, que atenda a todas as mulheres ou que ofereça tratamentos que não exijam aparelhos com altos investimentos. Neste caso, o ambiente deverá ser aconchegante, o bairro escolhido poderá ser mais afastado do centro e talvez nem seja preciso uma recepcionista. 

Agora, se a intenção é uma clínica para atender pessoas de alto poder aquisitivo, que desejam serviços mais exclusivos e personalizados, será preciso dar mais atenção à decoração do ambiente, optar por um bairro mais nobre e contar com a presença de uma recepcionista.

 

Artigos Relacionados

 

2. Infraestrutura

A escolha do imóvel também faz toda a diferença, pois se a ideia é iniciar o negócio trabalhando em casa, o profissional terá os custos reduzidos.

Se o desejo for ter um espaço para realizar o atendimento, será necessário fazer um levantamento e contabilizar valores de aluguel em locais disponíveis nos bairros em que se tem interesse. 

Também é importante considerar orçamentos com arquitetos, decoradores e pintores para a realização de reparos e arrumações necessárias, além dos móveis e peças de decoração que pretende adquirir.

 

3. Equipamentos

Além de aparelhos para escritório, como computadores e telefones, serão necessários os equipamentos para montar o espaço, fator que consome grande parte do orçamento e é decisivo para definir quanto custa para abrir uma clínica de estética.

Desta forma, é imprescindível que o profissional faça um planejamento dos tratamentos que deseja oferecer e levante o custo para a compra dos equipamentos necessários para oferecer tais tratamentos.

Equipamentos à parte, ainda serão necessários os materiais de consumo como lençóis, máscaras, luvas, produtos cosméticos e outros itens básicos de uso diário.

 

4. Tipos de tratamentos estéticos

Pode-se considerar quatro tipos de clínicas estéticas, de acordo com os tratamentos estéticos existentes. São eles:

Clínica de Estética Facial

Estética facial é o serviço mais procurado e também o início para qualquer profissional formado, seja em curso técnico ou graduação. Existem profissionais que oferecem esse serviço em home care ou em parcerias com salões de beleza.

 

Clínica de Estética Corporal

Atende uma demanda de serviços e tickets maiores. Os tratamentos mais procurados são para combater celulite, flacidez, manchas, gordura localizada, estrias, e para redução de medidas. Normalmente, são vendidos em pacotes ou sessões e acontecem em vários encontros.

 

Clínica de Estética Íntima

Voltada para a sexualidade (aparência), principalmente para a autoestima da mulher que deseja sentir-se bem com o próprio corpo. Seus tratamentos costumam ser vendidos para clientes já fidelizados e exigem uma boa experiência profissional.

 

Clínica de Estética em Pré e Pós-Operatório

Área nobre da estética e que mais se aproxima da saúde. Utiliza tratamentos como drenagem linfática e tratamento de edemas e cicatrizes. Exige conhecimento aprofundado dos protocolos e experiência por parte do profissional que, muitas vezes, terá contato com cirurgiões plásticos, dermatologistas e gastroenterologistas.

Assine nossa newsletter

 

5. Divulgação

Especialmente no início, uma divulgação bem feita é essencial para que a clínica se torne conhecida e atraia futuros clientes. O profissional pode começar apostando em uma fanpage nas redes sociais, observando a concorrência e trabalhando na divulgação para determinar os resultados que deseja alcançar. 

No entanto, é importante lembrar que o sucesso do negócio se faz pelo bom atendimento e excelência nos serviços, já que o boca a boca é a melhor forma de divulgação.

 

Conclusão

Considerando todos os fatores mencionados e colocando na “ponta do lápis” os orçamentos, é possível definir uma estimativa de quanto será necessário investir para abrir uma clínica. Pode ser que o profissional não tenha, de imediato, o valor completo para iniciar suas atividades, no entanto, existem formas de pagamento e financiamento diferenciado para profissionais, o que pode facilitar muito na realização do negócio. O importante é pesquisar para informar-se. 

 

Ficou com alguma dúvida ou quer mais informações sobre quanto custa para abrir uma clínica de estética? Deixe seu comentário. Será um grande prazer ajudar!

 

E-book Modelo de Clínica para Estética Facial


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Mais votados
Mais populares
0 Autores
Autores recentes
  Inscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] Quanto custa para abrir uma clínica de estética? […]