Arquivo da tag: gestante

Perguntas e respostas – Qual é a sua dúvida?

Olá amigas…

Tudo bem com vocês??

Eu respondo diariamente muitas perguntas de colegas da área de estética e fisioterapia dermatofuncional que são bem comuns… Fiz um compilado com algumas das principais dúvidas e gostaria de compartilhar com vocês…

Dá uma olhadinha abaixo e depois se você também tiver dúvidas compartilha com a gente aqui nos comentários…

Perguntas e respostas

  1. Quais os melhores tratamentos para se fazer no outono/inverno?

A época mais fria do ano é mais propícia para tratamentos faciais (embora os corporais não devam ser dispensados também). Mas essa é a hora de investir em peelings mecânicos como diamante, cristal ou ultrassônico e também peelings químicos para tratar a acne, manchas e revitalização, uma vez que menor incidência de raios solares torna esses tratamentos mais seguros. É uma boa época também para investir em tratamentos de estrias, já que não estamos na vontade de usar biquíni e tomar aquele sol.

 

  1. Qual o melhor equipamento para tratamento de gordura localizada?

Não tem o melhor e sim aqueles que são comprovadamente mais eficazes através de publicações científicas principalmente.  Há ótimas comprovações para as técnicas de criolipólise e também para o tratamento feito com ultrassom focalizado (a chamada lipocavitação focalizada).

 

  1. O que preciso para fazer uma limpeza de pele? Quais aparelhos e acessórios?

Essa é uma dúvida bem comum, pois esse é o procedimento “carro chefe” da parte facial. Sem uma boa limpeza de pele para “preparar” o terreno, nenhum outro tratamento será tão eficaz. Então vamos a uma listinha bem completa: de cosméticos são necessários sabonete, esfoliante, tônico, emoliente amolecedor, máscara calmante e filtro solar; de equipamentos são necessários vapor de ozônio (ou máscara térmica) e alta frequência. E outros acessórios também são super importantes como: luvas, máscara, touca, algodão, gaze, cureta, lupa…

 

  1. Como mostro para a minha cliente que os procedimentos estão surtindo efeito e dando resultados?

A cliente se olha no espelho todos os dias e só percebe diferenças que são mais gritantes : uma roupa muito justa ou folgada por exemplo. A documentação feita durante a avaliação/reavaliação é a melhor maneira de demonstrar os resultados dos tratamentos. Isso pode acontecer nos tratamentos corporais através de perimetria , adipometria, bioimpedância, fotos… e no caso dos tratamentos faciais o melhor recurso é a foto com certeza.

 

  1. Estou começando na estética e preciso do básico. Quais os melhores equipamentos para adquirir no início?

Para dar aquele “start” com os equipamentos básicos eu sempre sugiro um ultrassom nos tratamentos corporais que vai ajudar na gordura localizada, celulite e em pós operatórios, sendo associado à técnicas manuais que já trazem bons efeitos. E para o facial vapor de ozônio e alta frequência que são usados nas limpezas de pele que é procedimento porta de entrada do facial.

 

  1. Como atrair clientes no inverno?

Usar alguns diferenciais nessas horas é super importante. Manter o ambiente aquecido por meio de um aquecedor e a maca quentinha com um lençol térmico pode ser uma boa pedida especialmente para que as clientes de tratamentos corporais não abandonem os procedimentos. Esquentar um pouco as mãos antes de tocar na pele também faz toda diferença e é um cuidado simples… Aquele café ou chá quentinho também são mimos especiais … E apostar nas técnicas de SPA é uma ótima oportunidade de captação de clientes para o inverno. Pedras quentes, conchas, candle massage tem tudo a ver com a época mais fria do ano.

 

  1. Quais procedimentos estéticos podem ser feitos durante a gestação?

A gestação é um momento único na vida de uma mulher, que traz importantes mudanças físicas, psicológicas e traz alguns medos também… Muitas se perguntam o que é possível fazer durante o período gestacional sem trazer problemas a saúde da mãe e bebê. A lista de procedimentos é mais limitada, mas existem algumas opções: Para o rosto estão liberados peelings mecânicos como cristal e diamante, cosméticos como argilas e hidratantes (atenção nos componentes dos cosméticos é fundamental). Para o corpo estão liberadas hidratações, argiloterapia, drenagem linfática manual (em alguns casos onde há quadros de hipertensão arterial ou problemas circulatórios não é indicado) e endermologia em baixíssimas pressões apenas nos membros inferiores.  Agora se pintar dúvida, consulte o médico sempre.

 

  1. Devo cobrar ou não pela avaliação feita antes dos tratamentos?

Essa opinião é muito pessoal de cada profissional.  Acredito que a avaliação é um importante meio de atrair, passar credibilidade e fidelizar o cliente para que o mesmo invista tempo e dinheiro no seu trabalho. Então na minha opinião não cobraria, mas usaria todos os meios possíveis para demonstrar ao cliente todos os meus diferenciais durante esse momento.

 

  1. Estrias desaparecem quando são tratadas?

Esse tratamento gera muita expectativa de resultado e uma das perguntas mais comuns das clientes é: se eu tratar vai sumir? A verdade é que não… Estrias são cicatrizes atróficas que aparecem pela falta de elasticidade do tecido tegumentar que se rompeu… Mas dá para amenizar e muito. Hoje existem técnicas como a microcorrente galvânica, microagulhamento, carboxiterapia, laser, entre outros que deixam o aspecto da pele muito melhor e com resultados que chegam em até 80% de eficácia.

 

  1. Como convencer a cliente da importância do Home Care?

O tratamento complementar feito em casa pode potencializar muito o efeito do atendimento de cabine pois muitas vezes 1 ou 2 vezes na semana de tratamento com a profissional não trarão o mesmo resultado de quando a cliente “se cuida” em casa também. O problema maior é convencer a cliente a comprar o produto home care. Então vai aí uma dica: que tal “embutir” o valor do produto no tratamento de sua cliente. Assim, quando ela fechar o protocolo você já entrega o home care junto como um brinde e explica como é fundamental o uso do produto para manutenção e melhores resultados.

 

Quer compartilhar sua dúvida com a gente ou me fazer alguma pergunta??

Coloca aqui nos comentários para a gente…

Bjos

 

Procedimentos Estéticos liberados durante a gestação

 

A gestação é com certeza um período de grandes transformações físicas e psicológicas para a mulher.

Com a mudança atual dos padrões de vida vemos cada vez mais mulheres buscarem alternativas para se manterem mais bonitas, mesmo durante esse período e para não deixar a vaidade de lado apostam em tratamentos de beleza durante a gestação.

Veja algumas alternativas liberadas para as futuras mamães e os cuidados nas escolhas que não prejudicam a gestante e o bebê.

 

PARA O ROSTO:

As mudanças hormonais podem ser benéficas para algumas e nem tanto para outras. Muitas ficam com a pele mais iluminada e viçosa durante o período, mas a grande maioria sofre com o aparecimento da acne gestacional e de manchas.

A limpeza de pele está liberada, ela ajudará na remoção de células mortas, no controle da oleosidade excessiva e também da acne.

Já as manchas que possam aparecer durante essa fase precisarão esperar para serem tratadas após o período de amamentação, já que o uso de peelings ácidos e clareadores químicos não são aconselhados. O bom nesse caso é investir no uso de filtros solares, com frequência, para prevenir o aparecimento das mesmas. Apostar em alternativas como os peelings mecânicos de diamante e cristal e máscaras de argilas, especialmente a branca que é mais suave e tem pH mais próximo ao da pele e ajuda a hidratar, clarear e absorver a oleosidade da pele também pode ser uma boa opção.

 

PARA OS CABELOS:

Alisamentos, relaxamentos, químicas e tinturas de maneira geral devem ser evitadas. Qualquer produto que entre em contato direto com o couro cabeludo penetrará na corrente sanguínea e pode chegar até o bebê.

Hidratações estão liberadas sempre se atentando aos componentes dos produtos utilizados.

 

PARA O CORPO:

O ganho de peso, a mudança do centro de gravidade do corpo, o aumento do abdômen, levam à uma série de mudanças significativas que trazem alguns desconfortos. O edema nos membros inferiores, sensação de peso nas pernas e o aparecimento de vasinhos são muito comuns.

Uma técnica que traz alívio para esses sintomas, além de sensação de bem estar e relaxamento é a drenagem linfática manual. MAS ATENÇÃO: Mesmo a drenagem tem que ser feita considerando alguns cuidados. A gestante não pode ser hipertensa e problemas circulatórios importantes como riscos de trombose devem ser descartados também. Um outro fator importante é procurar por uma profissional habilitada para realizar a drenagem específica para a gestante.

Outra ocorrência comum é o aparecimento de estrias. Elas podem se concentrar especialmente nas mamas, culotes, coxas e abdômen que são as regiões em que a pele “estica”de maneira mais abrupta levando a ruptura das fibras colágenas e elásticas do local. O primeiro passo é tentar evitar o aparecimento das mesmas e isso pode ser feito através da ingestão de água que ajuda a aumentar a hidratação de “dentro para fora”e utilizar loções e cremes hidratantes na pele. Porém, se mesmo assim, as estrias aparecerem, o ideal é esperar e tratar após o período de amamentação. Hoje já existem boas técnicas que trazem resultados bons e minimizam o aspecto das estrias (microagulhamento, lasers, peelings e outros).

Bom, independente da escolha de cada mulher, de fazer ou não algum tratamento, o importante é fazê-la com consciência e preservando a própria saúde e também a do bebê.

E você ? Conhece, recomenda, ou já fez algum procedimento durante a gestação? Deixe sua experiência aqui nos comentários…

E se quiser saber mais ou conhecer alguns produtos que gestantes podem utilizar clique nos links abaixo:

Creme para massagem com óleo de Argan e óleo de amêndoas

Creme para massagem relaxante de Capim Limão

Creme de massagem corporal neutro

Emulsão finalizadora clareadora

Loção Tônica Clareadora

Argila Branca

 

 

 

 

 

 

 

Pilates na gestação

gestante

 

Que o corpo passa por uma série de modificações durante a gestação é inegável. A musculatura abdominal, por exemplo, se distende para acomodar o bebezinho podendo enfraquecer, causando dores nas costas, especialmente na região lombar. Os músculos da região pélvica ficam sob constante pressão e também podem enfraquecer, provocando inclusive escapes de urina. Os pés ficam mais inchados e doloridos e a sensação de cansaço pode ser constante.

Em busca de uma melhor qualidade de vida durante este período e tentando minimizar os efeitos provocados pela gravidez, as mamães que queiram e possam pratticar atividade física, devem procurar algo que se adapte melhor ao momento vivido.

O Pilates é uma excelente a atrativa modalidade nesse sentido. Há várias posições que ajudam a aliviar a pressão sobre as costas e bacia. A técnica alonga e fortalece a musculatura do abdômen, glúteos e parte inferior das costas e melhora a circulação sanguínea e linfática. Mas os benefícios vão ainda mais além do condicionamento , bem estar e controle de peso. O pilates pode auxiliar no posicionamento do bebê e o trabalho de fortalecimento da musculatura abdominal ajuda inclusive no trabalho de parto, uma vez que o músculo mais forte é importante no momento das contrações.

O Pilates é muito bom sim, mas como qualquer outra atividade física para gestantes só deve ser praticado se acompanhado por um profissional especializado, após o terceiro mês de gestação e somente se a gestante for liberada por seu médico de confiança. Se tudo estiver certinho, a futura mamãe só tem a ganhar com os benefícios proporcionados pelo Pilates e com certeza ela se sentirá muito melhor física e emocionalmente também.