Tudo o que é preciso saber sobre tratamentos estéticos faciais e corporais para se escolher o Esteticista

Publicado por Priscila Moro em 06/08/2019 - 1 Comentário


Tudo o que é preciso saber sobre tratamentos estéticos faciais e corporais para se escolher o Esteticista

Atualmente, os tratamentos estéticos possuem a capacidade de amenizar os mais diversos efeitos provocados pelo tempo e pelo estilo de vida, tanto para o corpo como para o rosto. Dentre os benefícios que esses tratamentos apresentam, o principal é elevar a autoestima do cliente e fazê-lo sentir-se bem em frente ao espelho.

No entanto, para optar pelo melhor programa de tratamento, é preciso que o cliente esteja atento para a escolha do profissional que vai atendê-lo, para que seus desejos sejam atendidos de forma adequada, eficaz e segura e, posteriormente, não sofra com as consequências dessa decisão. 

Afinal, a relação entre profissional e cliente precisa ser de segurança e confiança. O atendimento que o profissional dá ao cliente é o responsável direto pela fidelização ao seu trabalho

Com a finalidade de auxiliar em uma escolha de sucesso, elencamos tudo o que é preciso saber sobre tratamentos estéticos faciais e corporais para se escolher o Esteticista.

Assine nossa newsletter

 

Deve ser especialista (ter formação na área)

No momento da escolha do profissional de estética, é muito importante que ele tenha formação em um curso de nível técnico ou graduação na área. Também é possível ter outra formação, mas com especialização na área. Hoje em dia, é muito comum que profissionais da área de fisioterapia sejam pós-graduados em dermato e profissionais da enfermagem e da biomedicina também atuando na área da estética, desde que tenham uma especialização.

 

Fazer uma avaliação minuciosa de acordo com a queixa do cliente

Sem dúvida alguma, antes de iniciar qualquer procedimento, é muito importante fazer uma avaliação completa, pois é nesse momento que o profissional reúne todas as informações necessárias, tanto em relação ao estilo de vida do cliente, como suas condições físicas. É também, na avaliação que o profissional atua para entender suas queixas e as necessidades para então elaborar um programa de tratamento específico para o cliente. 

A avaliação é o primeiro contato entre ambos e, é a partir daí que o profissional passará segurança e seu conhecimento, mediante o programa de tratamento a ser elaborado para obter resultados satisfatórios.

 

Higiene é um cartão de visita

A primeira impressão é sempre a que fica, não é mesmo? Quando um cliente chega no espaço para realizar o procedimento, ele observa todo o local, inclusive como o profissional está. 

O profissional da estética, muitas vezes, é seu próprio “cartão de visita” por isso, os jalecos devem estar sempre limpos – a maioria costuma utilizar roupas brancas, pois a cor é sinônimo de higiene e profissional da área da saúde. 

A sala precisa estar organizada, passando ao cliente a sensação de bem-estar e a vontade de querer permanecer ali. Os equipamentos todos higienizados, com lençóis limpos e o ambiente preparado para receber o cliente. Durante os procedimentos, o profissional deve utilizar os equipamentos de proteção, como luvas, máscara, touca, mostrando sempre a higiene e a maneira correta de como lidar com o tratamento.

 

Utilizar aparelhos liberados pela Anvisa

Os clientes procuram saber quais são os produtos utilizados pelo profissional, seus equipamentos e cosméticos. Portanto, esses equipamentos devem ter procedência, precisam ter registro na Anvisa e laudos de calibragem. Os aparelhos precisam estar com a manutenção em dia, caso contrário, podem acabar agravando a situação e, até mesmo, colocando em risco a saúde da pessoa.

 

Oferecer horários flexíveis para atendimento

Na área da estética, é preciso, muitas vezes, flexibilizar os horários de atendimento, saindo um pouco do horário comercial, pois muitas pessoas procuram por horários antes do trabalho ou depois das cinco ou seis horas, que geralmente são horários de pico. Hoje, um profissional de destaque enxerga essa necessidade do cliente. 

Uma alternativa interessante, também, é oferecer promoções e tratamentos especiais nos horários em que a procura é menor. Essa é uma maneira inteligente de o profissional ocupar sua agenda e atrair novos clientes.

 

Artigos Relacionados:

 

Dar recomendações posteriores aos protocolos

É sempre muito importante que sejam passadas todas as informações referentes à avaliação, sobre como vai ser elaborado o programa de tratamento e, principalmente, as recomendações sobre os cuidados após as sessões. Pois, muitas vezes, o cliente vai ao espaço apenas uma ou duas vezes por semana e precisa dar continuidade ao tratamento em casa, fazer manutenções e uso dos produtos, para potencializar os resultados obtidos.

 

O profissional certo também irá elevar a qualidade de vida do cliente

Além de, esteticamente, melhorar aquilo que incomoda o cliente, o profissional também promove uma elevação do bem-estar e da sua qualidade de vida. Pois, na maioria das vezes, o cliente sai da sessão melhor do que quando entrou, já que além da estética, acaba trabalhando também sua questão emocional.

 

O atendimento oferecido é responsável pela fidelização do cliente

O atendimento de excelência e diferenciado é fundamental para fidelizar o cliente, sendo assim o profissional tem que estar totalmente entregue à sessão para atender da melhor maneira possível. Principalmente em tempos atuais, onde a concorrência no mercado é grande – assim como em todas as áreas.

Por isso, também vale a pena pensar em alternativas para se destacar, como:

  • Oferecer uma sessão de brinde já na avaliação, para conhecer um pouco do serviço
  • Já “embutir” no programa um home care ao cliente 
  • Caso o cliente indique um amigo, ele ganha um procedimento 
  • Se o cliente não faltar nas sessões ele ganha uma sessão de brinde  
  • Presentear o cliente com uma sessão especial no dia do aniversário 

 

Constante busca por conhecimento

Um bom profissional de estética nunca pode parar de buscar conhecimento. Muitas vezes, o cliente já chega perguntando sobre um equipamento ou algum cosmético recém-lançado, por isso é preciso estar o tempo todo buscando informações para entregar novidades ao cliente.

É importante lembrar que todos gostam de coisas novas e, hoje em dia, existem profissionais que usam redes sociais para divulgar seus trabalhos e publicar novidades. Desta forma, o profissional que posta informações seguras, leva conhecimento para o cliente e, por consequência, se destaca.

 

Manter contato

É essencial, também, que o profissional esteja sempre em contato com o cliente, a fim de manter o relacionamento,  enviando mensagem no aniversário, presenteando-o com uma sessão pela data ou informando promoções. Pois, muitas vezes, o cliente termina o tratamento, acaba não voltando e esta reaproximação pode fazê-lo retornar, mesmo que para outra terapia.

 

Que dica importante sobre tratamento você daria para se escolher o esteticista? Deixe seu comentário!

E-book Tratamentos para celulite


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Mais votados
Mais populares
0 Autores
Autores recentes
  Inscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] Tudo o que é preciso saber sobre tratamentos estéticos faciais e corporais para se escolher o Este… […]