Quais as vantagens do jato de plasma?

Publicado por FisioFernandes em 10/12/2020 - 1 Comentário


Quais as vantagens do jato de plasma?

O jato de plasma já é considerado um dos grandes queridinhos na estética, e não é à toa, já que possui inúmeras finalidades.

Mas afinal, quais são realmente as vantagens do jato de plasma? Confira a seguir tudo sobre este procedimento de estética.

 

O que é plasma

Plasma é considerado o quarto estado da matéria. Denominado assim em 1928 por Irving Langmuir, seu significado em grego representa matéria gelatinosa moldável.

Para obter o plasma é necessária uma corrente elétrica de alta tensão, que desprende os elétrons dos átomos ao entrar em contato com o ar atmosférico, ocasionando uma desintegração que resulta em gás ionizado.

Quando passa pelo tecido, o plasma promove a liberação de espécies reativas ao nitrogênio e oxigênio, funcionando, desse modo, como fungicida e bactericida.

Entre as vantagens do jato de plasma também está o fato de que  o procedimento aumenta a circulação sanguínea — fomentando a neocolagênese — e estimula as células, remodelando o colágeno.

 

Jato de plasma X eletrocautério

É comum ouvir falar sobre jato de plasma e eletrocautério como se fossem a mesma tecnologia. Essa constante associação, além de não ser verdadeira, pode gerar dúvidas.

O eletrocautério é uma tecnologia baseada em corrente alternada de baixa tensão e alta intensidade que não gera plasma. Dessa maneira, sua ação é limitada à epiderme (camada mais superficial da pele). Outra característica é sua cor laranja/vermelho.

Por outro lado, o jato de plasma, que tem coloração azul/lilás, se baseia em corrente de alta tensão e alta intensidade que promove uma constante faísca luminosa, que gera energia térmica por meio do arco elétrico.

Ainda que haja semelhanças, na prática as tecnologias são utilizadas para finalidades distintas. O eletrocautério, por exemplo, pode ser uma boa opção para remoção de manchas e peeling elétrico. Já o jato de plasma pode ser destinado para rejuvenescimento de dentro para fora (estimulando a produção de elastina e colágeno). 

Assine nossa newsletter

 

Cuidados pós-sessão

Como o jato de plasma resulta um processo inflamatório devido à lesão controlada que gera, os resultados visíveis, normalmente, aparecem de 7 a 15 dias depois do tratamento.

Após a sessão, a pele pode ficar com o aspecto de “queimado”, que vai diminuindo de maneira gradual.

Mas, vale lembrar que é muito importante evitar exposição solar nas primeiras 24 horas após o procedimento, pois a pele estará sensível. A utilização de protetor solar também é contraindicada nesse período, devido às substâncias não biodegradáveis contidas no produto, que tendem a se acumular no organismo.

Além disso, também é muito importante hidratar a pele e seguir todas as orientações passadas pelo profissional de estética.

 

Hygiaplasma: o primeiro jato de plasma do Brasil

Com altíssima tecnologia, enquanto o Hygiaplasma produz a corrente elétrica, garantindo total segurança e controle do estímulo, o aplicador emite uma faísca luminosa que chega à pele do paciente.

A distância mantida entre a manopla e a derme é inferior a dois milímetros e a energia térmica atinge camadas superficiais da pele, tratando as mais variadas disfunções estéticas. Tudo isso ocorre devido ao processo de regeneração plasmática da pele (PRS).

Uma das vantagens do jato de plasma do Hygiaplasma é que já nas primeiras sessões é possível observar excelentes resultados, pois a tecnologia de ponta do aparelho apresenta diferenciais que potencializam os protocolos.

São quatro modos de operação (one shot, pulsado, contínuo e plasmaporação) e quatro ponteiras para a caneta aplicadora (esférica, cônica, reta e suporte agulha).

 

Artigos Relacionados

 

 

Efeitos fisiológicos e indicações do Hygiaplasma

Ao passar pelos tecidos, o plasma libera nitrogênio e oxigênio, o que resulta em efeitos fungicida, bactericida, viricida, esporicida e de esterilização.

Além disso, também promove a vasodilatação e estimula a célula fibroblasto  (produção de colágeno, ácido hialurônico e elastina) e a formação de novos vasos sanguíneos devido a angiogênese e neocolagênese (novas fibras de colágeno), desenvolvendo a proliferação do queratinócito e migração das células imunológicas.

Confira as indicações do Hygiaplasma:

  • Rejuvenescimento da pele;
  • Remoção de ceratoses ou papilomas (verrugas);
  • Hiperpigmentações (melanoses e efélides);
  • Remoção de pigmentos exógenos (micropigmentação e tatuagens, lembrando que os pigmentos não são removidos completamente, mas podem clarear significativamente. Tatuagens coloridas podem não ter um bom resultado para a técnica);
  • Remoção de xantelasmas;
  • Cicatrizes de acne;
  • Acne ativa;
  • Estrias (na aplicação de estrias, a técnica de fulguração ocasiona um alto risco de hiperpigmentação);
  • Flacidez de pálpebras e lóbulo de orelha.

 

Contraindicações

O Hygiaplasma é contraindicado para as seguintes situações:

  • em pacientes que possuem infecções;
  • pele bronzeada;
  • pacientes com câncer;
  • doenças autoimunes;
  • tendência a queloide;
  • pacientes imunodepressivos;
  • gestante;
  • lactantes;
  • pacientes com herpes;
  • usuários de Roacutan;
  • pacientes com pele fototipos 5 e 6 (cuidado no fototipo 4);
  • histórico de má cicatrização;
  • portador de marcapasso.

 

Ficou com alguma dúvida sobre o Hygiaplasma ou quer saber mais sobre as vantagens do jato de plasma? Deixe seu comentário. Será um prazer ajudá-lo!

 

Dicas de como empreender e vender mais serviços em sua Clínica de Estética


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentários
0 Respostas
0 Seguidores
 
Mais votados
Mais populares
0 Autores
Autores recentes
  Inscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] Quais as vantagens do jato de plasma? […]